Não me toque! Bebê contrai herpes de maneira inesperada e o estrago poderia ser fatal

Hollie Cruickshanks postou uma imagem da filha com manchas em todo o rosto, inclusive nos olhos. Doença é confirmada e apelo é feito: parem de tocar os bebês!

Resumo da Notícia

  • Garota contrai herpes com apenas 6 meses
  • Mãe vai para o hospital às pressas
  • A doença foi contraída por motivo surpreendente
  • Toques e beijos em recém-nascidos podem ser fatais
Garota de apenas 6 meses pega herpes através do toque (Foto: Hollie Cruickshanks)

Com o nascimento das crianças começa aquela rotina de visitas: são parentes, amigos, entre outros. Com tantas visitas, logo vem uma chuva de beijos. Nós aqui da Pais&Filhos já alertamos diversas vezes sobre os riscos de beijar recém-nascidos. Um caso recente nos EUA nos fez retomar a atenção sobre esse assunto.

-Publicidade-

Hollie Cruickshanks passou por um susto enorme. Ela teve que levar sua filha Oarlah, de apenas 6 meses, ao hospital às pressas por apresentar manchas por todo o rosto, inclusive no olho. Segundo o site gringo The Sun, a mãe suspeitou que a garota estivesse com herpes, o que foi confirmado após a consulta.

Hollie sempre foi muito atenta à questão. Após ver a publicação de uma outra mãe sobre os riscos de beijar recém-nascidos, ela passou a orientar seus amigos e familiares a não fazê-lo. A preocupação, no entanto, não evitou que Oarlah contraísse a doença. Isso ocorreu porque, segundo os médicos, herpes pode ser contraída também através das mãos.

-Publicidade-

“Quando vi aquilo, fiquei horrorizada, sabia que ela poderia ficar cega.”, contou a mãe. Os médicos confirmaram após uma série de exames que a visão da garota não havia sido prejudicada. 15 meses depois da contaminação a garota se curou por completo.

Hollie Cruickshanks e sua filha (Foto: Hollie Cruickshanks)

Já falamos algumas vezes e reforçamos a importância de regular o afeto em relação aos bebês. Toques e beijos podem ser transmissores de diversas doenças. No caso da herpes, em adultos é irritante, mas para recém-nascidos pode ser fatal. De acordo com a Academia Americana de Pediatria, se não for controlado, pode causar infecções graves, doença cerebral, pulmonar e hepática, feridas na pele e nos olhos.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

 

-Publicidade-