Entenda a importância da rede de apoio para a mulher no pós-parto

No novo vídeo da coluna Gravidez Sem Neura, mães falam sobre sua experiência com ajuda de amigas depois de dar à luz

(Foto: Getty Images)

Pós-parto é o nome que a fase logo após o nascimento recebe. E, especialmente nos primeiros meses, é um período bastante difícil. Uma das coisas que mais acontecem, embora muitas mulheres não percebam isso antes ou não achem que vá acontecer, é o isolamento: de forma natural, a mãe passa a se afastar do ciclo de relacionamentos que ela tinha antes de ter um filho.

É como se fosse um mergulho muito fundo da maternidade. Além de viver a rotina nova com o bebê em casa, ela passa a se aproximar de outras pessoas que também estão mais inseridas nesse universo.

Depois de perceber esse padrão, eu e minha equipe fizemos um teste: aproximamos as gestantes com as quais estávamos trabalhando para que elas formassem sua própria rede de apoio. E deu muito certo!

Para esse vídeo, chamamos algumas dessas mulheres para falar sobre suas experiências de pós-parto e rede de apoio. Vem conferir!

Leia também:

Peça ajuda: a rede de apoio existe para isso mesmo

Juntos é possível: qual é a importância de ter uma rede de apoio para criar os filhos?

Vinicius Martinez escreve texto emocionante após parto de Carol Dantas: “Ela me fez um homem”