Criança

Entenda porquê a principal causa de morte entre as crianças são os acidentes de trânsito

Vamos sempre bater nesta tecla: o cinto de segurança é importante sim!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

teenage-boy-sitting-with-teddy-bear-in-the-car-picture-id824815606

(Foto: iStock)

De cara, vamos te dar uma notícia forte: no Brasil, acidente de trânsito ainda é a principal causa de morte entre as crianças. De acordo com a ONG Criança Segura, 34% dos óbitos ocorrem quando elas estão dentro do carro. Todo cuidado é pouco!

O cinto de segurança é obrigatório. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) recomenda que crianças até sete anos de idade devem ser transportadas, obrigatoriamente, no banco traseiro e em dispositivos de retenção (cadeirinhas). A regra é base e não tem negociações; se alguém da fiscalização pegar seu filho no carro, fora das recomendações, é multa na certa e com razão!

E mais: crianças de até um ano devem utilizar o bebê conforto; de um ano a quatro, a cadeirinha; de quatro a sete, o assento de elevação e as maiores já podem usar o cinto como os adultos. A segurança do seu filho sempre em primeiro lugar; não deixe nuuunca de seguir essas regras, combinado?!

 

Viagem de carro com bebê conforto tem limite de tempo

Kirsti Clark de Falkirk, Escócia, compartilhou um alerta para os pais no site Mirror de um episódio que aconteceu com sua bebê recém-nascida no carro. Após uma viagem de duas horas na cadeirinha, a criança começou a espumar pela boca e ficou sem respirar. Assustador, né?

Os pais de Harper, de apenas três semanas de vida, resolveram passar um dia do fim de semana visitando os amigos e no percurso de volta para casa pegaram muito trânsito. Após duas horas de trafego intenso, eles olharam para a filha, que estava no bebê conforto, e perceberam que os lábios da criança estavam roxo e o queixo para baixo, impedindo a respiração, e uma espuma branca saia de sua boca e nariz.

Imagina o desespero? O casal correu para o hospital e felizmente os médicos conseguiram ressuscitar a bebê que tinha sofrido uma convulsão. Então, veio o alerta dos especialistas: você não pode deixar seu filho no bebê conforto dentro do carro por mais de uma hora, porque isso pode causar falta de oxigênio nos pulmões.

Leia também

Segurança sempre! Risco de morte de criança sem cadeirinha é de 75% em acidentes

Lei que diminui 40% das mortes infantis no trânsito completa 5 anos!

Seu filho chora na cadeirinha do carro? Saiba o que fazer

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não