Criança

Anitta lança animação infantil e revela que teve ajuda de Titi, filha de Giovanna Ewbank

Clube da Anittinha estreia hoje nos canais Gloob e Gloobinho

Jennifer Detlinger

Jennifer Detlinger ,Filha de Lucila e Paulo

(Foto: Divulgação/Reprodução/Instagram)

(Foto: Divulgação/Reprodução/Instagram)

Anitta estreia nesta quarta-feira (3) sua primeira animação infantil, o Clube da Anittinha, nos canais Gloob e Gloobinho. E a cantora não poderia estar mais orgulhosa do projeto, que abordará temas como meio-ambiente, amizade, a importância do brincar e o respeito às diferenças, de forma bem-humorada e com muita música. “Eu amo meu desenho! É um projeto que estou fazendo com todo o meu coração”, disse ela em entrevista ao Caldeirão do Huck.

A ideia da série surgiu da própria Anitta, que também assina a produção, com 11 episódios. “Foi muito gostoso [fazer as canções], eu sempre gostei muito de crianças. Para as músicas, precisei pensar qual era a mensagem que queria passar. A partir daí, fui compondo. Todas as músicas tem esse objetivo de ensinar as crianças. Uma é sobre comer mais frutas, outra sobre profissões, outra sobre não ficar tanto tempo no celular etc”, disse Anitta em entrevista à revista QUEM.

Cada episódio terá uma música inédita, interpretada pela própria cantora, que também dubla a voz da personagem principal. Uma outra novidade é que todas as canções estarão disponíveis no Spotify, após a exibição dos episódios.

As personagens foram inspiradas na família de Anitta e em amigos próximos. “Rositcha foi inspirada na minha mãe, Renuvem no meu irmão, Mauro Mar no meu pai, Marshmelle na minha coreógrafa, Gatrick no meu bailarino, Juju Coral na minha amiga e Esteller no meu amigo e maquiador Renner”, contou Anitta.

Ela também revelou ter recebido ajuda de algumas crianças para construir a ideia da animação. “A Eva (filha de Luciano Huck e Angélica) escolheu os personagens. A Titi (filha de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank) também ajudou”. Além disso, Titi já é superfã do programa e passou a comer maçã após ouvir uma das músicas do programa.

“É muito bom ter esse feedback positivo das crianças! Eu mandei para alguns amigos meus que têm filhos. Eles me ajudaram a decidir o nome de cada personagem, o desenho de cada um, as músicas, etc. Trocar essas ideias com as crianças foi essencial para que o desenho seja do gosto delas”, explicou.<