Crianças que venceram câncer visitam praia pela primeira vez no Rio Grande do Sul

O Instituto do Câncer Infantil levou todos para conhecer o mar de Capão da Canoa

Resumo da Notícia

  • Crianças que venceram o câncer comemoram na praia
  • Algumas das crianças nunca haviam entrado no mar
  • A ação foi feita pelo Instituto do Câncer Infantil

Existe jeito melhor de comemorar a vitória na batalha contra o câncer, do que visitar uma praia e tomar banho de mar? Para essas crianças esse foi o melhor jeito de se divertir após um longo período de tratamento. O Instituto do Câncer Infantil levou todos para conhecer o mar de Capão da Canoa, no Rio Grande do Sul.

-Publicidade-

A ação ao ar livre foi o momento de algumas crianças acompanhadas pelo Instituto conhecerem a praia e o mar pela primeira vez. A estudante Victória Larissa da Silva, 15, teve osteossarcoma, um tipo de câncer ósseo que começa nas células formadoras dos ossos. Ela, que mora em Vera Cruz (RS), foi tratada pelo Instituto do Câncer Infantil.

“Hoje foi um dia incrível, conhecer o mar depois de passar por um tratamento tão difícil, tocar na areia, foi algo muito especial, realizei um grande sonho”, relatou Victória ao ‘Gaúcha Zero Hora’. Com resiliência, a adolescente venceu a doença e agora tem recebido acompanhamento psicológico e nutricional no ICI. “O Instituto é como uma segunda família pra mim, são pessoas maravilhosas que estiveram comigo em todos os momentos, que trabalham com tanto amor. Tenho muito orgulho em dizer que faço parte dessa família”, contou.

As crianças se divertiram na praia
As crianças se divertiram na praia (Foto: Reprodução/Gaúcha Zero Hora)

Ao portal Gaúcha Zero Hora, Mônica Gottardi, coordenadora do Núcleo de Atenção ao Paciente do ICI, disse que a visita à praia foi um momento emocionante para todos. “Poder levar as crianças para sentir o cheirinho do mar, colocar os pés na areia, foi uma sensação única, muitos conheciam só pela TV, redes sociais e revistas. Os momentos mais difíceis acabam ficando pequenos e esses momentos de alegria ocupam um lugar especial na vida deles”, disse.

Para a coordenadora gaúcha, passeios singelos como o promovido, são essenciais para a saúde mental das crianças. “O Instituto do Câncer Infantil através das ações culturais realiza atividades onde os pacientes podem visitar lugares, conhecer novos espaços e realizar sonhos. Muitos deles tinham o sonho de conhecer o mar, a maioria é do interior do estado e nunca teve contato com a praia. Conseguimos realizar isso devido ao apoio de parceiros que acreditam na nossa causa e se envolvem com a gente nessas oportunidades únicas, possibilitando realizarmos sonhos”, afirmou. No ano passado, o Instituto do Câncer Infantil recebeu o prêmio de Melhor ONG do Rio Grande do Sul.