Criança

Estudo explica porque a mãe influencia mais na fé do filho do que o pai

Roxanne Stone, líder da pesquisa, disse que além da formação espiritual elas têm grande impacto no desenvolvimento do caráter das crianças

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

68% disseram que as mães influenciam mais (Foto: Getty Images)

Uma pesquisa feita pelo Instituto Barna, dos Estados Unidos, para identificar o papel dos pais no desenvolvimento das crianças, mostrou que os cristãos costumam ter mais influência da parte da mãe para decidir qual fé gostariam de seguir.

O estudo levantou que 68% dos cristãos americanos disseram que as mães influenciam mais. Os pais ficaram em segundo lugar com 46% e depois os avós com 37%. A pesquisa foi detalhada no livro Households of Faith (Lares da fé, em tradução livre), lançado neste mês.

Roxanne Stone, uma das pesquisadores, disse que o estudo mostrou o impacto enorme que as mães têm, tanto na formação espiritual dos filhos quanto no desenvolvimento do caráter das crianças. “Tornou-se aparente, à medida que exploramos a pesquisa, que os cristãos praticantes simplesmente não parecem compartilhar de um tempo de qualidade com os pais”.

Leia também:

Estudo brasileiro mostra que mulheres com fé têm maior chance de engravidar

A fé não costuma falhar

Mion publica mensagens de fé após mulher e família vencerem luta contra câncer de mama