Mãe de autista recebe mensagem da amiga negando convite do filho para festa: ‘Ele é problemático’

Na mensagem, a mãe da criança disse que o motivo de não convidar Arthur para o aniversário seria porque as outras crianças iriam ficar incomodadas

(Foto: Reprodução/Facebook)

A mãe de Arthur, de apenas 2 anos, passou por uma situação muito delicada na última semana, que infelizmente acontece com frequência às outras mães que têm filhos com necessidades especiais.

-Publicidade-

Sara Onori, de 22 anos, recebeu pelo WhatsApp a mensagem da mãe de um colega de escola do menino dizendo que não convidaria Arthur, que é autista, para a festa da criança: “Seu filho é meio problemático”.

Na mensagem, a mãe da criança disse que o motivo de não convidar Arthur seria porque “as outras crianças vão ficar incomodadas”. A mulher finaliza a mensagem dizendo “Espero que você me entenda”.

-Publicidade-
A mensagem recebida por Sara (Foto: Reprodução/Facebook)

Sara estava em um grupo de mensagens com outras mães e percebeu que elas falavam de uma festa. Ao questionar a mãe sobre a festa, recebeu a mensagem e ficou tão surpresa que nem conseguiu responder. Segundo Sara, as duas eram amigas e não apenas mãe de um coleguinha da escola do filho. “Pensei muito em responder a mensagem ontem, mas estava sem chão. Quando decidi responder, vi que infelizmente me bloqueou em todas as redes sociais”, desabafou Sara no Facebook.

“Meu filho não é “problemático” ele é autista, muito feliz e abençoado. Extremante protegido pelo seu anjo da guarda que acaba de mostrar um livramento. É que eu e minha família temos um alicerce principiológico, onde o respeito impera, ensinamos a respeitar o próximo, queremos que ele no futuro possa conviver em uma sociedade mais justa, onde na arena da vida não só apenas os “perfeitamente normais” sejam vencedores. A deficiência do meu filho não o torna inferior ao seu filho ou demais crianças”, escreveu Sara.

A irmã de Sara, Erika, compartilhou o print da mensagem recebida com um desabafo. O post foi compartilhado mais de 7 mil vezes e recebeu mais de 5 mil comentários. “E quando a maldade é com uma criança de 2 anos? Meu sobrinho tem 2 aninhos e é autista, olha a mensagem que minha irmã recebeu. Quanta falta de sensibilidade e bom senso, espero que o Ruan, o aniversariante, tenha em sua vida mais empatia, menos maldade e mais educação que sua mãe”, disse.

A família do menino mora em Campo Grande (MS). Os pais de Arthur têm um perfil no Instagram, chamado @convivendocomautismo01onde compartilham informações sobre autismo.

Sara afirma que o filho não gostaria de ir à festa do menino e também ficaria incomodada caso Arthur fosse convidado. “Eu, minha família e meu filho afastamos de pessoas cruéis. Infelizmente, o ser humano, no decorrer de sua trajetória vai absorvendo o que há de bom e ruim ao seu redor. E prometo que vou rezar pelo futuro do seu filho. Afinal a criança é fruto do meio em que vive. Porque a nossa sociedade está mudando e ela não tolera mais esse tipo de preconceito e discriminação, temos uma legislação forte sobre o tema, e hoje a justiça da armas para o meu filho lutar na arena da vida de forma igualitária e justa”, diz a mãe.
Leia também:

 

    -Publicidade-