Menino é humilhado em escola ao ser obrigado a usar uniforme escrito “empréstimo”

A escola, que fica em Americana, obrigou o menino a usar o uniforme, que foi para a escola sem ele por não ter dinheiro para comprar novos

Resumo da Notícia

  • Menino de 8 anos é obrigado a usar uniforme escrito "empréstimo" em escola estadual de Americana, interior de São Paulo
  • A família da criança não tinha dinheiro para comprar novas roupas
  • Ele sofreu bullying pelos colegas por causa da roupa
  • O caso está sendo investigado para que os responsáveis sejam punidos
A diretora queria que ele se sentisse envergonhado (Foto: reprodução/ UOL)

Uma criança de 8 anos de uma escola de Americana, em São Paulo, precisou usar um uniforme escrito “empréstimo” para que pudesse participar das aulas. A Escola Estadual Germano Benecase Maestro exige que todos os alunos vistam uniformes dentro da instituição e, por isso, o menino foi obrigado a usá-lo.

A família da criança contou que o filho sofreu bullying por causa da roupa. “Todos os amigos tiraram sarro dele”, contou a irmã para o UOL. O menino foi sem uniforme para a escola porque a mãe não tinha dinheiro para comprar, já que se sustentam com verbas do Bolsa Família e tem previsão de receber somente no fim do mês.

A Secretaria da Educação do Estados de São Paulo se pronunciou sobre o caso, considerando inadmissível a postura da instituição e desejam averiguar o caso para poderem punir os responsáveis, considerando que a criança foi exposta e sofreu bullying.

“Uma ação imediata foi tomada para evitar esse tipo de medida, que está em total desacordo ao que pregamos. É inadmissível e já falei com o diretor de ensino da região e com a diretora da escola cobrando um resposta. Não devemos expor o aluno em nenhuma circunstância”, disse Henrique Pimentel Filho, porta-voz da Secretaria de Educação.

“Ele era obrigado a usar aquele uniforme marcado e devolvia no fim do dia. A diretora disse que era para os alunos passassem vergonha mesmo. Ele tem uma namoradinha na escola, que riu dele. Ela falou que os alunos que têm dinheiro para celular de última geração devem ter para um uniforme. Mas ela não sabe a realidade de cada um”, contou  irmã do menino, segundo o site.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!