Criança

Seu filho tem intestino preso? A solução pode estar na alimentação

Veja quais alimentos podem ajudar

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

A hora de ir ao banheiro é um drama na sua casa? Se a sua resposta foi positiva, pode ser que o seu filho esteja sofrendo de prisão de ventre, ou o famoso intestino infantil preguiçoso. Ao contrário do que muitos pensam, a prisão de ventre infantil não se caracteriza apenas pela ausência prolongada de idas ao banheiro, outros sintomas devem ser observados.

“Uma criança que tem o intestino preso costuma apresentar inchaço abdominal, maior produção de gases, dor de cabeça e até problemas de pele. As fezes ficam muito ressecadas, duras, possuem odor mais forte que o normal e a criança precisa fazer muita força, o que, em alguns casos, pode resultar em hemorroidas”, explica a nutricionista infantil Ariane Bomgosto, filha de Beatriz e Jovani.

Ainda segundo Ariane, a alimentação inadequada, à base de alimentos industrializados, ricos em açúcar, como biscoitos recheados, salgadinhos, pães com farinha branca, aliada a um estilo de vida sedentário, seriam as principais causas da prisão de ventre infantil, que se não tratada pode trazer consequências sérias no futuro, dificultando a vida social e até, na vida adulta, favorecendo o aparecimento de um câncer. Dessa forma, ao notar dificuldades, vale procurar ajuda especializada.

Se a alimentação é a vilã do intestino preso, está nela também a solução do problema. “O intestino de uma criança é o reflexo do seu estilo de alimentação. Sabemos claramente o quanto uma nutrição baseada em alimentos naturais, integrais, isentos de aditivos químicos, pode ajudar”, lembra a nutricionista.

Veja o que colocar no prato do seu filho

– Alimentos prebióticos, que ajudam a reconstituir a parede do intestino. Alguns deles: chicória, tomate, brócolis, aspargo, couve-flor, amêndoas, frutas vermelhas, como o morango e a ameixa, e leguminosas, a exemplo do feijão, lentilha e grão de bico.

– Alimentos com efeito laxativo, como o mamão, a abobrinha, a berinjela e o iogurte natural

– Água! Vale lembrar que o hábito de beber água e de praticar exercícios físicos regulares, com brincadeiras que coloquem o corpo em movimento, também são essenciais para o bom funcionamento do intestino.

Por Gladys Magalhães 

Leia também:

Comida sólida para o bebê: quando e como começar

Você já conhece? Prato mágico não deixa a comida da criança cair

Comida feita com carinho é mais gostosa sim

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não