Criança

Tudo o que rolou: Vem saber mais sobre as marcas que passaram pela Pitanga Curadoria para Crianças

Prepare-se para enlouquecer! É uma coisa mais linda do que a outra

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

Estamos sempre procurando o que tem está rolando no mercado infantil para nossos leitores e, por isso, cobrimos os melhores eventos. Assim, na última sexta-feira, dia 29, fomos até a Casa Panamericana, no bairro Alto de Pinheiros, em São Paulo, conferir tudo sobre a edição de inverno do Pitanga Curadoria para Crianças que reúne 50 marcas premium.

Esse projeto mapeia tudo o que há de mais interessante no mercado infantil. Muitas marcas foram criadas por mães empreendedoras que perderam seu lugar no mercado de trabalho e que criam em cima de necessidades da própria família, como por exemplo, até coisas que estão em alta lá fora e ainda não encontramos muito aqui no Brasil.

A entrada era gratuita e poderia ser feita doação – opcional – de um livro de Literatura para a Escola de Resiliência Horizonte Azul. Também estava rolando um local com SPA, onde acontecia uma reflexologia de 30 minutos para quem estivesse no evento. Confira algumas das marcas que passaram por lá e que nós adoramos conferir!

(Foto: Gabrielle Molento)

(Foto: Gabrielle Molento)

A “Casulo de Anjo” é uma marca que vende sacos de dormir para usar por cima do pijama – ou cobertores de vestir. A ideia surgiu para que as crianças fiquem mais confortáveis e também para que não corram risco ao usarem cobertores – como ficarem sufocadas, por exemplo. Assim, elas ficam quentinhas a noite inteira, já que não podem chutar suas cobertas para bem longe. O modelo sem pé veste até 12 meses e o outro, crianças a partir de 1 ano de idade.

(Foto: Gabrielle Molento)

(Foto: Gabrielle Molento)

A “Timirim” é uma marca que produz suas peças em 100% algodão orgânico. As estampas são todas feitas à base de água e foram desenhadas pelo artista pernambucano J. Borges. Adoramos duas peças da marca: Primeiro, o body em formato de kimono, que ainda não é muito comum no Brasil e facilita muito a vida das mães, já que é mais fácil de colocar e tirar do bebê; Segundo, um body em formato de saco de dormir, que ajuda a criança a ficar com as pernas mais livres durante a noite, já que sabemos que ela muitas vezes tira o pé de dentro do local que deveria ficar.

(Foto: Gabrielle Molento)

(Foto: Gabrielle Molento)

No quesito decoração, essas duas marcas vão te fazer babar! A “Achei o que eu queria” produz bandeirolas personalizadas e letreiros que variam de valor de acordo com tamanho e quantidade de letras. O mapa também é um produto novo e diferencial da marca. Já a “Para lá de bom” faz cordões à mão, muito artesanais e com cara de feito em casa! A loja tem opções de bichinhos, safári, flamingos, unicórnios e muitas outras. Por lá você também encontra toppers para colocar, por exemplo, em cima do bolo, decorando ainda mais a sua festa.

(Foto: Gabrielle Molento)

(Foto: Gabrielle Molento)

A “Ju Amorinha” produz banquetas para crianças personalizadas e únicas. São uma graça! Elas são feitas de madeira ecológica e pintadas, uma a uma, à mão. Cada arte tem uma tiragem limitada, deixando sua banqueta ainda mais exclusiva. Por se tratar de um produto feito à mão, podem haver pequenas alterações, mas nada que descaracterize o modelo que escolheu. Os bancos podem ter ou não o pezinho, que deixa a peça ainda mais charmosa. No evento, a marca também fez parceria com a “Coticoá” para produzir um kit de seribanqueta, ou seja, serigrafia na banqueta. Ela pode ser feita pelas próprias crianças, estimulando o gosto pela arte.

(Foto: Gabrielle Molento)

(Foto: Gabrielle Molento)

A “Muskinha” é uma marca de marcenaria brincante que produz diversas peças de madeira, como mesinha, cozinha, cama e etc. Os itens são produzidos e inspirados no método Montessori, ou seja, na altura da criança, incentivando a sua autonomia e criatividade, além de desenvolver seu universo lúdico. As peças são todas produzidas de maneira artesanal, com muito amor e cuidado.

(Foto: Gabrielle Molento)

(Foto: Gabrielle Molento)

A “Oficina do Vovôio” surgiu quando a neta mais velha nasceu e marcou o despertar do Vovôio Ronaldo para o mágico universo dos brinquedos. O projeto começou então a agradar crianças da família e Ronaldo começou a resgatar objetos da sua própria infância. As brincadeiras variam de idade para idade e todas as peças são cortadas à mão com serra fita. Com a ajuda das filhas e usando formas e materiais únicos, a marca convida os pequenos ao brincar livre, estimulando a criatividade e a imaginação. Feitas a partir de diferentes tipos de madeira as peças do Vovôio durarão muitas gerações.

(Foto: Gabrielle Molento)

(Foto: Gabrielle Molento)

A “Familinhas” é uma marca que produz quadros e ilustrações de papel. Tudo surgiu quando Dani Cavallari, a dona da marca, decidiu que queria representar sua família de forma única e, depois de longos nove meses entendeu que sua família era tão única e singular que nada os representaria melhor do que eles mesmos. Foi aí que surgiu a primeira Familinha e, três anos depois, Dani já fez centenas de familinhas espalhadas por todo o Brasil e mundo!

(Foto: Gabrielle Molento)

(Foto: Gabrielle Molento)

A “Flamingo em Festa” é uma marca super descolada de decoração para festas especiais. São soluções para quem ama design e produtos diferenciados para datas comemorativas. Dentre os produtos que mais saem estão o balão bubble – vários balões dentro de um principal – e o marmorizado. Além da decoração de festa, têm também os luminosos, saias e outros objetos que podem ser reutilizados em outros momentos.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A “Mariposa Para Crianças” escolheu o Pitanga para lançar sua primeira coleção de tatuagens temporárias. Os desenhos são desenvolvidos com a colaboração de tatuadores profissionais como Jotapê Pabst, Renata Gregori, Bruna Yonashiro e Juliana Odett: todos que participam são mães e pais de crianças que adoram essa brincadeira. O projeto foi desenvolvido pela jornalista Cecília Gomes, mulher do tatuador Jotapê, para os filhos do casal, Mariano e Gaspar. O produto é atóxico e verificado pelo Inmetro.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A “Petit Cycles” faz bicicletas de equilíbrio de maneira que a criança tenha os pés livres para ajudar na estabilização, sem o medo de ser atrapalhada pelos pedais. O conceito é justamente dividir em dois momentos o aprendizado dessas atividades complexas, minimizando o trauma dos inúmeros tombos que costumam acontecer no processo e eliminando aquele aterrorizante momento em que os pais soltam os filhos sobre as bicicletas e…tudo dá errado! O aprendizado prazeroso e seguro do equilíbrio sobre duas rodas é, portanto, o objetivo de se usar esse tipo de bicicleta!

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Pela primeira vez no Pitanga, a “OllyToys” trouxe brinquedos confeccionados em madeira de reflorestamento ou reutilizada, em exemplares originais de brinquedos que imitam máquina de costura e batedeira de bolo com o conceito de Slow Toy: são sustentáveis, promovem interação, alto valor lúdico e durabilidade. Tudo é feito com materiais naturais selecionados principalmente na região de onde a marca tem sua base de produção, em Holambra, localizada a 130 quilômetros de São Paulo.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Desde 2012 Carla Gaspar se dedica às noivas, antes disso passou mais de dez anos tocando a marca Carmelitas. No Pitanga, apresentou a “Serena by Carla Gaspar”, marca infantil para meninas. Serena é um nome cigano e representa como Maria, sua filha, gosta de se vestir: sempre misturando cores e estampas de uma maneira bem autoral. Com muita bossa, a nova coleção mostra vestidos em tecidos leves como seda, cetim e cambraia. Apesar de vários elementos como pedrarias e outros pequenos detalhes aplicados que fazem a diferença, são modelagens gostosas e amplas para se mexer à vontade e brincar, exatamente como roupa de criança deve ser.

Nós amamos participar de mais uma edição! E você, gostou das novidades?

Leia mais: 

Mães ao trabalho: depois de ser demitida, ela se reinventou e voltou realizada ao mercado de trabalho

Ao infinito e além! Aceleradora de projetos é focada em mães empreendedoras

10 principais questões para pensar antes de empreender

 

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não