Absurdo! Casal usa bebê falso em vídeo para aplicar golpe

Nas imagens, o homem e a mulher são apresentados como moradores de Rio Preto, que perderam a casa após um incêndio. Ela segura um bebê de 2 meses no colo, de nome Júlia, e chega a “amamentar a criança”

Resumo da Notícia

  • O vídeo de um casal de moradores pedindo doações viralizou e comoveu muita gente em Rio Preto
  • Bebê utilizado por moradores de rua para conseguir doações na verdade era uma boneca
  • Apesar do golpe, a Secretaria de Assistência Social informou que vai continuar assistindo o casal porque ambos estão em vulnerabilidade
O caso ocorreu em Rio Preto (Foto: Reprodução / Vídeo DL News)

O vídeo de um casal de moradores pedindo doações viralizou e comoveu muita gente em Rio Preto. Nas imagens, o homem e a mulher são apresentados como moradores de uma comunidade, que perderam sua casa após um incêndio. Ela segura um bebê de 2 meses no colo, de nome Júlia, e chega a “amamentar” a criança. Mas a Júlia, na verdade, era uma boneca.

-Publicidade-

Nas imagens, gravadas por um desconhecido, mostram a dupla identificada como Sérgio Antônio Ygor Magalhães da Silva e Regiane Romeira Martins, sentados em um colchão. Enquanto o homem que grava o vídeo conta que os dois precisam de ajuda porque perderam o a casa em que moravam na Vila Itália, após um incêndio. A farsa foi descoberta por uma equipe da Secretaria de Assistência Social no dia 28 de maio, após eles irem até o local prestar ajuda ao casal.

Segundo a secretaria, o caso era apurado desde o dia 5 de maio deste ano. O primeiro chamado, segundo a pasta, veio de uma comunidade dizendo que no bairro Solo Sagrado, ao lado da Escola Municipal Dr. Wilson Romano Calil, havia uma família com duas crianças em situação de rua.

-Publicidade-

As equipes de abordagem social (diurna e noturna) foram até o local para entender a situação e ofertar os serviços da rede. “Encontramos os usuários Sergio Antonio Ygor Magalhães da Silva e Regiane Romeira Martins. Ambos disseram que moravam na favela da Vila Itália, porém saíram do local depois que o barraco pegou fogo. Disseram que tinham um casal de filho de 4 meses que não estava com eles no momento, pois uma pessoa da comunidade do entorno, sensibilizada com a situação, tinha se disposto a cuidar das crianças para eles momentaneamente. Disseram serem naturais da cidade de Macaubal, porém não quiseram passar nenhuma informação sobre familiares”, diz nota repassada ao DLNews.

Bebê utilizado por moradores de rua para conseguir doações era, na verdade, uma boneca (Foto: Reprodução / Vídeo DL News)

De acordo com a secretária o homem teria declarado que estava na cidade há cerca de dois anos e em situação de rua há pelo menos um ano. Os dois ainda estariam em Rio Preto porque seria de fácil acesso para Barretos, onde Regiane faz tratamento de leucemia.

A pasta afirma que várias medidas de acolhimento, orientações e auxílio foram oferecidas ao casal, que recusou ajuda. Após quatro chamados, sendo o último feito no dia 28 de maio, a equipe do Centro POP (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua), teve conhecimento do vídeo e foi até o local,  onde encontrou a boneca e descobriu a armação.

Apesar do golpe, a Secretaria de Assistência Social informou que vai continuar assistindo o casal porque ambos estão em vulnerabilidade. “Lamentamos este tipo de ocorrência. Vamos continuar os nossos atendimentos pois apesar da fraude do bebê eles estão em vulnerabilidade”, afirma.

Confira o vídeo:

-Publicidade-