Avô de 84 anos se forma em engenharia e pretende continuar estudando

Ele começou a faculdade aos 79 e garante que não quer parar por aí

Resumo da Notícia

  • Avô de 84 anos se forma em engenharia e pretende continuar estudando
  • Ele começou a faculdade aos 79 e garante que não quer parar por aí
  • Ele conta a importância do estudo

Um avô de 84 anos é a prova de que nunca é tarde demais para começar algo novo! Felipe Espinosa Tecuapetia, mais conhecido como Dom Felipe, voltou a estudar aos 79 anos e ser tornou o candidato mais velho no processo seletivo da universidade. Atualmente, com 84, ele está prestes a se formar em Engenharia de Processos e Gestão Industrial na Benemérita Universidad Autónoma de Puebla, BUAP, no México.

-Publicidade-

E enganado está quem pensa que ele pretende parar por aí. Ele já deixou claro que, depois que pegar o diploma, não pretende parar e vai continuar estudando! ‘Claro, se você puder. O que está me impedindo? Ouço bem, vejo bem, raciocino bem, não tenho a mente vazia. O estudo é ótimo: você estuda para melhorar, para uma vida melhor. Nada vai me impedir, farei meu pedido para continuar estudando”, contou ele, em entrevista a Nation, ressaltando a importância da educação.

Ele pretende continuar estudando! (Foto: Getty Images)

Mas as coisas nem sempre foram assim para Dom Felipe. Ao longo da vida, ele  trabalhou como agricultor, foi para o exército, vendeu frutas e verduras na Central de Abasto e nos mercados de Tepeaca e Cholula, em Puebla. Foi então que, em 2016, aos 79 anos, ele finalmente conseguiu realizar o sonho de entrar em um ensino superior. Quando a oportunidade surgiu, ele provou que nunca é tarde demais para realizar um sonho e se agarrou ao máximo às aulas.

O curso começou presencialmente, mas, devido à pandemia, precisou ser transformado em à distância, para garantir o isolamento social. E mesmo com a dificuldade a mais de ter que aprender a lidar com a tecnologia, Felipe não desistiu. “Se você é um macaco velho tem que combinar com os mais novos. A superação do humano está na mente, a mente é uma coisa muito grande”, brincou ele.

Avô de 84 anos se forma em engenharia e pretende continuar estudando (Foto: reprodução Nation)

Hoje, ele se orgulha da força que teve para se manter até o final e do tanto que aprendeu ao longo dos anos. Felipe aproveitou para agradecer a todos que o ajudaram nessa caminhada. “Hoje estamos aqui e não tenho escolha senão agradecer a todos, principalmente ao reitor. É muito bom. São memórias diferentes, pensamentos diferentes”.