Caso Henry: ex-namorada de Dr. Jairinho afirma que ela e o filho já foram agredidos pelo homem

Dr. Jairinho, teria um histórico de agressão a ex-namoradas e aos filhos delas, todos da mesma faixa etária de Henry, e algumas delas já teriam sido relatadas para a polícia

Resumo da Notícia

  • Débora Melo Saraiva, ex-namorada de Dr. Jairinho prestou depoimento;
  • O médico e o vereador teria um histórico de agressão a ex-namoradas e aos filhos delas;
  • A mulher confirmou o comportamento do acusado.

O caso Henry Borel ganhou novos relatos com a publicação de uma reportagem da Veja, que mostra que o médico e o vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, teria um histórico de agressão a ex-namoradas e aos filhos delas, todos da mesma faixa etária de Henry, e algumas delas já teriam sido relatadas para a polícia.

-Publicidade-

Nesta sexta-feira, 16 de março, prestou um segundo depoimento à polícia e relatou que Débora Melo Saraiva, ex-namorada de Dr. Jairinho, afirmou que ela e o filho foram agredidos pelo vereador.  A Delegacia Especializada da Criança e Adolescente Vítima também acompanha o caso.

(Foto: Reprodução/ G1)

Após o depoimento, o delegado responsável pelo caso deu detalhes: “Ela (Débora) disse que foram tantas agressões que ela sequer consegue lembrar quantas vezes ela apanhou do vereador Dr. Jairinho”, afirma ao G1.

Dr. Jairinho e Débora começaram a se relacionar no final de 2014 e ficaram juntos 6 anos. Com a acusação, esse é o terceiro caso  investigado pela polícia sobre crianças que podem ter sido agredidas por Jairinho – além de Henry, que não resistiu.

Além de Débora, a babá Thayná Oliveira Ferreira e a empregada do casal, Leila Rosângela de Souza, relataram fatos novos à polícia. Enquanto isso, Jairinho e Monique Medeiros, mãe de Henry, seguem em prisão temporária.

(Foto: Reprodução / TV Globo)