Congelada no tempo! Casa abandonada é encontrada com decoração dos anos 90

O antigo proprietário da casa morreu em 1995, sem parentes vivos, na Escócia. Desde então, ninguém visitou o local, nem ao menos para limpá-lo. 

Resumo da Notícia

  • Uma casa abandonada cheia de decorações dos anos 90 foi encontrada
  • A casa está suja e mal cuidada, mas ainda guarda os objetos por mais de 27 anos
  • O antigo proprietário da casa morreu em 1995

Uma casa abandonada foi encontrada na Escócia com uma decoração cheia de quadros e antiguidades da década de 1990 que permanecem intocadas há mais de 27 anos. O antigo proprietário da casa morreu em 1995, sem parentes vivos. Desde então, ninguém visitou o local, nem ao menos para limpá-lo.

-Publicidade-
A casa guarda várias relíquias dos anos 90
A casa guarda várias relíquias dos anos 90 (Foto: Reprodução/ Facebook/ No limits urbex)

A casa foi encontrada pelo explorador urbano do No Limits Urbex. Em uma publicação feita no Facebook ele disse: “Depois de uma extensa pesquisa no registro de terras, encontrei esta incrível casa de campo na Escócia, então fiz uma mala e fiz a viagem de quatro horas”.

A casa foi abandonada há anos
A casa foi abandonada há anos (Foto: Reprodução/ Facebook/ No limits urbex)

“Situada na encosta de uma montanha no meio da Escócia, esta linda casa idílica foi deixada em decadência nas últimas três décadas. Após a morte do último membro da família, a casa foi confiscada pelas autoridades locais”, continuou.

Os quadros da família ainda estão lá
Os quadros da família ainda estão lá (Foto: Reprodução/ Facebook/ No limits urbex)

Quadro de fotos, relógios e estantes decoram as paredes.  “A casa foi construída por volta de 1920 e, além de alguns danos causados ​​pelo clima interno, permanece praticamente intacta. Estava cheio de objetos antigos e tudo parecia ter seu próprio lugar”.

O último morador não deixou filhos e não tem parentes para cuidar da casa
O último morador não deixou filhos e não tem parentes para cuidar da casa (Foto: Reprodução/ Facebook/ No limits urbex)