Criança de seis anos que sofria maus-tratos é resgatada por Conselho Tutelar em Pernambuco

Ao ser resgatada em Petrolina, a criança disse que estava com fome e sede e tinha fraturas e queimaduras por todo o corpo

Resumo da Notícia

  • Menor de idade é resgatado após sofrer violência e maus-tratos na própria casa
  • O Conselho tutelar alegou que a criança estava com queimaduras e fraturas
  • Os pais são usuários de drogas, segundo informações da Polícia

Uma criança de seis anos sofreu violência e maus-tratos no bairro Antônio Cassimiro, em Petrolina, Pernambuco. Ela foi salva na última terça-feira, 12 de abril, pelo Conselho Tutelar e pela Guarda Civil. A criança ficava deitada em um colchão no quintal da casa. Quando resgatada, a menor estava com queimaduras de terceiro grau na perna e no órgão genital, uma fratura na perna e disse que estava com fome e sede.

-Publicidade-

O conselheiro Tutelar, Gabriel Bandeira relatou o estado da criança quando foi pega. “Recebemos essa denúncia ontem por volta das 20h. Fomos informados que essa criança estava em situações degradantes, acionamos o policiamento da Guarda Municipal, que foi uma parceira, a patrulha da mulher, e chegando ao local, identificamos que a criança se encontrava em situação de maus tratos. A criança passava o dia debaixo de uma árvore no quintal de casa com uma fratura, ferragens nas pernas. E ao verificar, ela tinha uma queimadura de terceiro grau na genitália”.

A criança era deixada no quintal em um colchão no chão
A criança era deixada no quintal em um colchão no chão (Foto: Reprodução/ Conselho Tutelar de Petrolina)

A menor foi levada para o médico e está internada até o momento, “A criança corria risco de vida tanto pela gravidade da perna dela, que teve que sofrer intervenção cirúrgica. Ela não podia caminhar e ficava naquele cantinho, já estava com mau cheiro. Ela vai passar sete dias no hospital fazendo uso de antibióticos” explicou Gabriel Bandeira.

A vítima tem outros dois irmãos que foram levados para o acolhimento institucional e estão à disposição da justiça. A mãe ainda está com um bebê de oito meses, porém, a mulher ainda não foi localizada. O pai das crianças já foi levado para a delegacia. Segundo informações, os pais são usuários de drogas.