De janeiro a dezembro! Família celebra Natal durante 365 dias para “espalhar alegria”

Muitas famílias adoram celebrar o dia 25 de dezembro, porém Vikki, o marido e as duas filhas com certeza estão na disputa pelo primeiro lugar do ranking

Resumo da Notícia

  • Uma família decidiu manter a árvore de Natal durante todo ano
  • A decisão veio por conta da Covi-19 que atrapalhou a celebração do Natal passado
  • A mãe da família decorou a árvore de acordo com cada festividade do ano

Algumas pessoas consideram o Natal a melhor comemoração do ano, mas com certeza a família da britânica Vikki Gauden está entre aqueles que mais adoram celebrar o evento do dia 25 de dezembro. Fanáticos pela data, a mulher de 37 anos, o marido e as duas filhas decidiram manter a árvore durante todo 2021. 

-Publicidade-

Tudo começou no início de janeiro do ano passado, quando a filha mais nova de Vikki, Demi, de 10 anos de idade, testou positivo para Covid-19. Por conta disso, todos da casa precisaram se isolar durante o Natal, evento que já era muito estimado pela família. “Felizmente, não ficamos gravemente doentes, mas me senti muito mal. Embora fosse hora de derrubar a árvore eu não suportaria ver o último pedaço de alegria festiva embalado em uma caixa até o próximo dezembro, então decidi mantê-lo fora”, contou a mulher ao jornal inglês The Mirror.

A família manteve a árvore durante o ano inteiro
A família manteve a árvore durante o ano inteiro (Foto: Reprodução DAILY MIRROR)

Com a melhora de Demi os dias foram passando até chegarem ao aniversário do parceiro de Vikki, Shayne, de 43 anos. Novamente, devido ao isolamento social imposto na Inglaterra, a família decidiu celebrar a data em casa. “Como não podíamos sair para comemorar, enfeitei a árvore de Natal com faixas e balões. Quando ele viu a árvore, seu rosto se iluminou”, relembrou ainda a britânica.

Já em 25 de janeiro aconteceu o Dia de São Dwynwen, equivalente galês ao Dia dos Namorados. Mais uma vez, Vikki quis celebrar a ocasião sem deixar de lado o tradicional símbolo natalino. Para isso, ela cobriu a árvore com corações de amor. “Postei uma foto no Facebook e fiquei impressionada com a resposta. As pessoas adoraram a árvore e disseram que ela os fez sorrir durante os dias difíceis de confinamento. Então decidi manter a árvore no alto para sempre”.

“Às vezes, decoramos para uma ocasião divertida, como torcer para o time de rúgbi galês. Outras vezes, é para aumentar a conscientização sobre saúde mental, ou uma instituição de caridade perto do meu coração. Em setembro, mudei para amarelo para o Mês de Conscientização do Câncer Infantil, e um pai de uma jovem sobrevivente do câncer entrou em contato para dizer o quanto isso significava para ela.”, afirmou Vikki.

E sobre 2022? A britânica já revelou se irá continuar ou não o projeto de paixão pelo Natal: “Este Natal vai ser ainda mais especial sabendo a alegria festiva que espalhei ao longo do ano. Quem sabe, talvez eu continue até 2022 também”.