Família

Estudo mostra que mães e filhos perdem e ganham peso juntos

A pesquisa é da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

child

Crianças refletem os ganhos e perca de peso de suas mães (Foto: Pixabay)

Um estudo da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, em Trodheim diz que crianças refletem os ganhos e perca de peso de suas mães, mas não acontece o mesmo com os pais. Os pesquisadores examinaram os níveis de atividade de 4.400 crianças e seus pais por 11 anos, na tentativa de descobrir se havia alguma semelhança entre seus pesos. O resultado foi que eles descobriram que se uma mãe perdia peso, seus filhos perdiam também.

Foi descoberto que as mães cujos níveis de atividade decaíram à medida que seus filhos cresciam, tiveram adolescentes com IMCs maiores do que aqueles que mantiveram um peso saudável. No entanto, não houve diferença quando foram os pais que mudaram seus níveis de atividade.

(Foto: iStock)

A pesquisa é da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia (Foto: iStock)

Os pesquisadores acreditam que isso se deve ao fato de quem serem as principais responsáveis pelo planejamento das atividades e escolha de alimentos: as mães.

A pesquisadora Marit Næss diz que os pais têm um grande impacto na saúde e no estilo de vida de seus filhos, sendo que comportamentos que levam à obesidade são facilmente transferidos de pais para filhos. Mas aponta a relação especial com a mãe. “Mães cujos níveis de atividade diminuem à medida que seus filhos estão crescendo estão vinculadas a crianças com IMC (índice de massa corporal) mais alto na adolescência”, afirma.

Little girl toddler picking her food, making faces. Childhood problems, picky eater, eating habits, terrible two concept.

Nível de escolaridade também pode interferir (Foto: iStock)

O nível de escolaridade da família também um ponto que pode interferir. “Em média, o IMC é menor em famílias com ensino superior em comparação com famílias com menos educação”, disse a pesquisadora Kirsti Kvaloy. “Mas a redução do peso materno parece exercer maior influência sobre o IMC das crianças em famílias com ensino superior”.

Leia Também:

Estudo comprova que o segundo filho é o mais arteiro de todos 

Pais atraentes normalmente têm filhas e não filhos, mostra estudo 

Marido causa mais estresse do que filhos, diz estudo