Extraordinário: grávida resgata gata prenha e as duas dão à luz no mesmo dia

Lauren Maners e a gata resgatada deram à luz no dia 9 de maio

Resumo da Notícia

  • Lauren estava grávida quando encontrou uma gata de rua
  • Ela descobriu que a felina também esperava suas crias
  • Os filhotes da gata e a filha de Lauren nasceram no dia 9 de maio

Durante o último trimestre da gestação da filha, Lauren Maners resgatou uma gata que estava na mesma situação que a norte-americana: grávida, a felina foi encontrada com ferimentos em um estacionamento, e recebeu todo amor e carinho até o momento em que ambas deram à luz aos tão aguardados filhos.

-Publicidade-

De acordo com Lauren, que sempre resgatou animais mas que havia decidido parar na época para se poupar durante a gravidez, ela encontrou uma gata branca vagando sozinha em um estacionamento. Ao se aproximar, a mulher percebeu que, além dos ferimentos presentes nas pernas e patas, o animal também estava à espera de crias.

“Eu vi que ela estava em péssimo estado e senti uma espécie de conexão com ela por estarmos ambas grávidas”, disse Lauren. “Eu a atrai com sobras de comida que tinha comigo, a embrulhei em minha jaqueta e a levei no veterinário”, disse Lauren ao portal de notícias The Dodo. Para ver este conteúdo, clique aqui!

Lauren e a gata deram à luz no mesmo dia
Lauren e a gata deram à luz no mesmo dia (Foto: Reprodução Instagram @mama.maners)

Logo após receber tratamento veterinário, a gata foi para casa da humana grávida e o seu marido, os quais a batizaram de Dove. Lauren decidiu oferecer um lar temporário para a gatinha prenha até encontrar uma família disposta a cuidar dela e dos filhotes que ela esperava. “Durante a gravidez, a Dove me seguia por todos os cantos da casa e adorava que eu esfregasse sua barriga de manhã. Ficamos muito próximas”.

Porém, foi no dia 9 de maio que o extraordinário aconteceu. A norte-americana precisou ir para o hospital porque estava parindo Kylie. Ao voltar para casa com a menina nos braços, ela encontrou Dove amamentando seis filhotes. “Foi muito especial. Os gatinhos começaram a crescer junto com minha filha. Quando ela tinha 5 semanas de vida, começou a notar a presença deles quando eu os pegava no colo e colocava perto dela. Eles também se mostraram muito curiosos em relação à bebê”, finalizou.