Garoto de 6 anos é picado pela cobra mais venenosa do Brasil e é levado para hospital de helicóptero

O garoto de seis anos foi picado pela cobra após mexer em uma caixa que estava próxima da casa onde mora

Resumo da Notícia

  • Menino de seis anos foi picado pela cobra mais venenosa do Brasil
  • A criança de seis anos foi levada às pressas para o hospital
  • Segundo os bombeiros, o estado do garoto não era grave até o momento do atendimento

Uma criança de seis anos foi picada por uma cobra coral-verdadeira em Nova Trento, na Grande Florianópolis nesta segunda-feira, 9 de maio. O garoto foi resgatado às pressas e levado de helicóptero pelos Bombeiros, para o Hospital Infantil Joana De Gusmão.

-Publicidade-

A espécie da cobra é a mais venenosa do Brasil. Segundo últimas informações dos bombeiros, a criança está em estado estável. O resgate informou que o menino foi picado quando movia uma caixa em um local próximo da casa onde mora.

A equipe de operações aéreas foi chamada pela manhã, em torno das 10h40, depois do garoto ser atendido pelo Samu. Ainda, conforme informações dadas pelos bombeiros, o estado de saúde do garoto “não era grave no momento do atendimento”. A transferência do garoto foi necessária por conta do veneno do animal. “Foi realizado o encaminhamento por meio aéreo para o Hospital de referência devido à periculosidade e potencial gravidade do veneno”, segundo os bombeiros.

O garoto foi levado para o hospital de helicóptero (foto: Reprodução/ Corpo de Bombeiros)

Segundo informações do portal G1, o biólogo Christian Raboch, que é especialista em serpentes, disse que em casos de picada dessa espécie de cobra, o atendimento deve ser imediato. É necessário aplicar a injeção de um soro antielapídico, específico para serpentes do gênero gênero Micrurus sp. (corais verdadeiras).

Ele disse que, “Quanto mais rápido utilizar o soro, menor vão ser os sintomas”. Conforme fala do biólogo, o veneno da cobra coral-verdadeira age no sistema nervoso e se espalha pelo corpo muito rápido.

Picada de cobra: o que fazer

Veja o que fazer (Foto: Getty Image)
  • O local da picada deve ser lavado com água e sabão;
  • A pessoa que foi picada, deve ser levada para o hospital quanto antes;
  • Não se deve tentar extrair o veneno, fazendo perfurações ou cortes;
  • Não pode amarrar o local da picada, segundo o biólogo, o torniquete aumenta o risco de necrosar o local;
  • Tentar identificar a cobra, pois o tratamento e a escolha do soro aplicado será mais fácil.