Idosa de 103 anos pede licor de chocolate para celebrar recuperação do Covid-19

A costureira aposentada Philomena Gertrudes Favaretto Vieira passou 15 dias acamada por conta da doença, mas se recuperou esta semana, bem no tempo de celebrar o aniversário

Resumo da Notícia

  • A aposentada Philomena Gertrudes Favaretto Vieira venceu o Covid-19 e celebrou os 103 anos de vida em setembro
  • A senhora mora em Ribeirão Preto, São Paulo
  • A costureira passou 15 dias acamada por conta do vírus

A aposentada Philomena Gertrudes Favaretto Vieira tem motivos de sobra para comemorar neste mês de setembro: a costureira venceu o Covid-19 e celebrou os 103 anos de vida. A senhora, que mora em Ribeirão Preto, São Paulo, passou 15 dias acamada por conta do vírus, mas não se deixou abalar pela doença.

-Publicidade-
A senhora celebrou 103 anos na última terça-feira (Foto: Arquivo Pessoal)

Philomena começou a se sentir mal no final de agosto, quando os primeiros sintomas surgiram e preocuparam os familiares. Três dias depois, a filha, Renata Favaretto Vieira, levou a senhora até uma Unidade de Pronto Socorro (UPA), onde a equipe médica sugeriu um teste do novo coronavírus – que deu positivo.

“A família ficou apavorada, principalmente eu, porque fazia dez dias que eu tinha passado pela Covid. Cada organismo reage de uma forma, então a gente tem que ficar em alerta”, diz a filha, em entrevista ao G1.

-Publicidade-
A festa teve direito a licor de chocolate (Foto: Arquivo Pessoal)

Apesar da infecção pela doença, a costureira passava bem e os médicos decidiram que o tratamento podia ser feito em casa. Quinze dias depois, o exame já mostrou negativo. Para comemorar a notícia boa nas vésperas do aniversário de 103 anos, o único pedido de dona Philomena foi um cálice de licor de chocolate.

Philomena ficou 15 dias acamada até se recuperar (Foto: Arquivo Pessoal)

“Agradeço a Deus, por ter passado mais um aniversário. Muito obrigado, Jesus, por este dia sagrado. Fiquei tão satisfeita que nem acredito, mas venci, graças a Deus”, diz a idosa. A festa de aniversário da aposentada foi comemorada pela internet nesta última terça-feira, 14 de setembro, mas teve direito a balões, bolo, vestido novo e maquiagem.

“Todo mundo ficou muito feliz. Foi um alívio, porque, pela idade dela e com tantos jovens perdendo a vida com Covid, foi um milagre. Foi um renascimento. A vontade de viver dela é muito grande”, diz Renata.

-Publicidade-