Inclusão é tudo e a Disney sabe disso: agora os parques têm novas regras e atrações

No entanto, na última semana, Josh D’Amaro, presidente da divisão de parques da Disney, divulgou mudanças mais inclusivas

Resumo da Notícia

  • Não é de hoje que a Disney é conhecida por seus padrões rígidos e exigentes - afinal, é importante manter o padrão de melhor atendimento do mundo;
  • No entanto, na última semana, Josh D'Amaro, presidente da divisão de parques da Disney, divulgou mudanças mais inclusivas;
  • Há um tempo a empresa já vem reformulando seus princípios e prioridades.

Não é de hoje que a Disney é conhecida por seus padrões rígidos e exigentes – afinal, é importante manter o padrão de melhor atendimento do mundo. No entanto, na última semana, Josh D’Amaro, presidente da divisão de parques da Disney, divulgou mudanças mais inclusivas.

-Publicidade-

O gestor prometeu atualizar as atrações, modernizando os valores dos parques e, talvez de forma mais visível, tendo diretrizes mais inclusivas em relação a clientes e funcionários.  Como por exemplo,a maior flexibilidade na forma de vestir, a permissão de tatuagens visíveis, cortes de cabelos diferentes e piercings.

(Foto: Shutterstock)

Em uma publicação oficial em seu blog, o presidente dos parques explicou a nova consideração: “Queremos que nossos hóspedes vejam suas próprias origens e tradições refletidas nas histórias, experiências e produtos que encontram em suas interações com a Disney. E queremos que nossos membros do elenco – e futuros membros do elenco – tenham um sentimento de pertencimento no trabalho”.

Parques da Disney (Foto: Reprodução / Divulgação Disney)

Ao longo dos últimos anos, a empresa vem reformulando o jeito de lidar com as culturas, com os preconceitos e com a inclusão:  “Isso significa cultivar um ambiente onde todas as pessoas se sintam bem-vindas e apreciadas por suas experiências de vida, perspectivas e cultura únicas. Onde celebramos a aliança e o apoio mútuo. E onde diferentes pontos de vista e ideias são buscados como contribuições essenciais para o nosso sucesso coletivo”, acrescenta D’Amaro.

Desde então, a Disney vem usando o bordão de que  o mundo está mudando e a empresa continuará mudando com ele – seja em suas produções ou em outras atividades,  “Nunca pararemos de trabalhar para garantir que a Disney seja um lugar acolhedor para todos”, concluiu D’Amaro.