Inclusão é tudo! Parque de diversões é totalmente projetado para crianças com necessidades especiais

O Morgan’s Wonderland foi construído para permitir que qualquer um possa brincar sem nenhum tipo de barreira atrapalhando

Resumo da Notícia

  • Parque de diversões foi totalmente preparado para receber pessoas com necessidades especiais
  • O Morgan's Wonderland permite a inclusão que essas famílias não recebem em outros lugares
  • Por enquanto, o local está fechado por conta da pandemia de coronavírus
O parque temático pretende incluir todas as famílias (Reprodução/Instagram @morganswonderlandtexas)

O parque de diversões “Morgan’s Wonderland” (país das maravilhas de Morgan, em português) localizado no Texas, Estados Unidos, foi totalmente projetado para um público com necessidades especiais. A ideia é incluir todas as famílias na hora do lazer.

-Publicidade-

O local foi fundado em 2010 por Gordon e Maggie Hartman, pais de Morgan. O casal percebeu que a filha passava por dificuldades de interação com outras crianças quando tentava brincar e como o próprio site oficial explica, o pai tomou uma decisão. “Gordon decidiu criar oportunidades e lugares para que aqueles com ou sem deficiência pudessem se unir não só pela diversão, mas para melhor compreensão uns dos outros.”

Gordon abraça a filha Morgan, que o inspirou para a criação do parque (Reprodução/Instagram @morganswonderlandtexas)

Como o primeiro parque temático do mundo construído para integrar a todos, o espaço possui 25 atrações acessíveis para cadeiras de rodas, incluindo brinquedos, elementos interativos e paisagens. Garantindo a representatividade, existem bonecos interativos e super-heróis com necessidades especiais espalhados pelo lugar.

-Publicidade-

A missão do parque é “proporcionar um ambiente livre de barreiras físicas e econômicas para que todos – independente de idade ou necessidade especial – possam aproveitar”. Por enquanto, o Morgan’s Wonderland está fechado por conta da pandemia de coronavírus, mas já tem reabertura confirmada para maio do próximo ano.

 

 

 

-Publicidade-