Mãe dá a volta por cima após ser chamada de “obesa” e agora ganha R$60 mil para gravar vídeos comendo

Antonia Graham, de 25 anos, foi fortemente atacada nas redes sociais quando estava grávida, por estar acima do peso. Hoje ela ganha cerca de R$60 mil por mês, para comer fast foods e publicar no TikTok

Resumo da Notícia

  • Antonia Graham foi atacada e criticada por causa de seu corpo enquanto estava grávida
  • A mãe era chamada de obesa mórbida constantemente
  • Agora Antonia ganha cerca de R$60 mil por mês para gravar vídeos comendo e publicá-los no TikTok

Antonia Graham, 25, foi duramente criticada e atacada nas redes sociais quando estava grávida, por estar acima do peso. A mãe chegou a ser chamada de obesa, porém hoje ela deu a volta por cima, e recebe cerca de R$60 mil por mês, para gravar vídeos comendo fast foods e publicar no TikTok.

-Publicidade-

A mulher mora na Inglaterra, e chega a cobrar 10 libras (R$60) por minuto gravado. O vídeo no TikTok onde ela rebateu as críticas que recebeu já conta com mais de 7 milhões de visualizações, e as pessoas chegaram a falar que ela não era gorda, e sim obesa mórbida.

Então, depois de uma semana, Antonia deixou de ser dona de casa para ganhar muito dinheiro comendo McDonald’s, KFC e Domino’s em sua conta no OnlyFans. Ela, que tem três filhos, compartilha vídeos sobre beleza real e body positive para os seus mais de 356 mil seguidores no TikTok, e disse que comer diante das câmeras a ajudou a aceitar mais o seu corpo.

A mãe ganha dinheiro para comer comidas e postar no TikTok
A mãe ganha dinheiro para comer comidas e postar no TikTok (Foto: Reprodução/Instagram @antoniagrahamx)

“Eu lutei muito com meu peso até o ano passado, eu estava em dietas de ioiô e até fiz um jejum de água de cinco dias na esperança de perder algum peso. Mas no ano passado eu fiz um vídeo viralizar, era só eu fazendo uma piada sobre meu peso e chegou a milhões de pessoas. Juntamente com a enxurrada de ódio, principalmente homens e mulheres, havia milhares de comentários de mulheres que se pareciam exatamente comigo e encontraram paz no meu vídeo e o fato de não estarem sozinhas com a aparência.”, contou Antonia.

Antonia conta que só faz conteúdos dois dias por semana, e os pedidos de vídeo normalmente não são explícitos. “A maioria dos pedidos que recebo não são explícitos. Eles querem ver você comer, crescer e ganhar peso.” Hoje em dia, ela come 3000 calorias em uma refeição, e sabe como isso sobrecarrega seu corpo, por isso só faz os vídeos quando precisa de dinheiro.

“Gosto muito do meu trabalho, mas não é algo que pretendo fazer para sempre. Mas estou tão feliz por ter construído um nome para mim nesta comunidade e todos são tão gentis e doces.” finalizou Antonia.