Mãe de Ísis Helena confessa morte da filha e dá detalhes sobre crime

Segundo a Polícia Cívil, Jennifer Natalia Pedro contou o que aconteceu com a filha. Ela está presa desde sexta feira, 17 de abril, para dar andamento à investigação

Resumo da Notícia

  • Mãe de Ísis Helena conta o que aconteceu com a filha
  • A bebê de 1 ano e 10 meses desapareceu há 47 dias
  • Em depoimento, Jennifer Natalia Pedro disse ter jogado a criança no rio
  • Ela disse que a garota já estava morta
Ela tem 1 ano e 10 meses (Foto: reprodução / Instagram @caso_isis_hellena)

Segundo a Polícia Civil, Jennifer Natalia Pedro confessou nesta segunda, 20 de abril, ser responsável pelo crime que tirou a vida da filha, Ísis Helena. A criança está desaparecida desde o dia 2 de março. O caso aconteceu em Itapira, SP.

-Publicidade-

De acordo com a polícia, a mãe disse ter jogado a garota de 1 ano e 10 meses no rio porque havia se desesperado quando percebeu que a bebê tinha morrido engasgada com leite. Jennifer está na cadeia desde a última sexta, 17 de abril, quando foi decretada a prisão temporária por cinco dias para dar andamento à investigação.

Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) informou à EPTV que ainda realiza diligências para localizar o corpo e obter mais detalhes sobre o ocorrido. Também à EPTV, o advogado de defesa João Benedito Camilo Pellisser afirmou ter tido acesso ao novo depoimento da cliente e ameaçou abandonar o caso se de fato ela formalizar a confissão.

-Publicidade-

Entenda o caso

Cães guia ajudam a encontrar criança desaparecida em Itapira (Foto: divulgação Guarda Municipal de Jundiaí)

Isis Helena, de 1 ano e 10 meses, desapareceu na cidade de Itapira, São Paulo. De acordo com a primeira versão, tudo havia ocorrido enquanto a mãe levava o outro filho para a creche. Segundo a mãe, ela havia deixado Isis na companhia da avó, que sofre de Alzheimer e ao retornar ao local, notou que o portão estava aberto e a criança não estava lá.

O canil da Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ) está contribuindo na busca pela menina. A busca inicial está sendo feita nas proximidades da casa do bebê, localizada na Rua Espanha, e Praça da Árvore.

A Guarda Civil Municipal, Grupamento de Bombeiros Voluntários de Itapira, Polícia Militar e Polícia Civil estão colaborando com a ação. O Serviço de Investigações Gerais (SIG) também está acompanhando o caso.

-Publicidade-