Mãe de menino de 4 anos que recebeu vacina da covid por engano desabafa: “Foi um susto”

O garoto foi uma das 46 pessoas que receberam a dose no lugar da vacina da gripe em Itirapina, no interior de São Paulo

Resumo da Notícia

  • Mãe de menino de 4 anos que recebeu vacina da covid por engano conta como foi receber a notícia
  • O menino foi uma das 46 pessoas que receberam a dose no lugar da vacina da gripe em Itirapina, no interior de São Paulo
  • Entre essas pessoas, estão 28 crianças e 3 grávidas
  • O Instituto Butantan afirmou que as gestantes e pessoas menores de 18 anos não devem tomar a segunda dose da vacina

Na terça-feira, 13 de abril, 46 pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 por engano em Itirapina, no interior de São Paulo. Dentre essas pessoas, estavam 3 gestantes e 28 crianças. O filho de Milena Jeane Ribeiro, de 4 anos, foi uma dessas crianças que receberam a dose da vacina errada.

-Publicidade-
Mãe de menino de 4 anos que recebeu vacina da covid por engano desabafa: “Foi um susto”(Foto: Freepick)

A mãe contou, em entrevista ao G1, que ficou bem assustada quando descobriu o que havia acontecido. “Foi um susto. Vacinei na terça-feira, na quinta entraram em contato comigo e já passei na pediatra. Não aconteceu nada, mas a gente fica preocupada. Foi um erro, todo mundo erra, mas graças a Deus meu filho está bem”, disse.

O Instituto Butantan se pronunciou nesta sexta-feira, 16 de abril, sobre o caso e pontuou que as crianças e gestantes que tomaram a vacina por engano não devem tomar a 2° dose, por falta de estudos que comprovem a segurança e eficácia da Coronavac nesses grupos.

A prefeitura da cidade informou que está acompanhando todas as pessoas que receberam o imunizante por engano e que, até o momento, nenhuma das pessoas tiveram algum sintoma ou reação adversa. A profissional foi afastada e um processo administrativo da prefeitura apura as circunstâncias do erro.