Mãe é presa por suspeita de assassinato de filha de 3 anos e agressão ao filho adolescente

A mãe de 34 anos é suspeita de matar a filha de três anos e agredir o filho de 15 anos com pedaço de um espelho. A avó socorreu os netos e a mãe foi presa em flagrante pela polícia

Resumo da Notícia

  • Uma mãe é suspeita de matar a filha mais nova e agredir o filho mais velho
  • A avó socorreu o neto, mas a neta de 3 anos já estava morta quando ela chegou
  • A mãe foi presa em flagrante

Na madrugada desta terça-feira, dia 12 de julho, uma mãe foi presa suspeita de assassinar a própria filha de apenas três anos de idade e ter agredido o filho mais velho com um pedaço de um espelho.

-Publicidade-
A mãe é suspeita de matar a filha e agredir o filho com pedaço de espelho
A mãe é suspeita de matar a filha e agredir o filho com pedaço de espelho (Foto: Getty Images)

O caso aconteceu em Rondonópolis, cidade localizada a 218 quilômetros de Cuiabá. A mãe da criança e do adolescente foi presa pela Polícia Civil em flagrante. Clélida Silva de Almeida, de 34 anos, é a suspeita do crime contra os próprios filhos 

A família de Clélida contou ao G1 que ela já apresentava alguns sinais de problemas psiquiátricos e iria passar por uma consulta médica. Durante a madrugada, a avó das crianças ouviu um barulho na casa da família e pediu para que Clélia abrisse a porta do quarto em que estava com a filha de três anos e com o filho de 15 anos.

Clélida foi presa em flagrante pelos policiais
Clélida foi presa em flagrante pelos policiais (Foto: Reprodução/ G1)

A mãe havia colocado um guarda-roupa para impedir que a porta do quarto abrisse, e a avó fez força para conseguir entrar no quarto. O adolescente estava ensanguentado e gritava por ajuda, tendo pedaços de espelho na mão. A menina de três anos já estava morta quando a avó chegou. Clélida foi presa em flagrante, e a Polícia Técnica indica que a filha morreu de asfixia.