Meghan Markle desabafa após sofrer aborto espontâneo: “Sabia que estava perdendo”

A duquesa de Sussex, disse que que sofreu um aborto natural em julho, segundo o artigo de opinião publicado no jornal “The New York Times”

Resumo da Notícia

  • A duquesa de Sussex, disse que que sofreu um aborto natural em julho
  • O desabafo foi publicado no artigo de opinião publicado no jornal "The New York Times"
  • A atriz e Harry já são pais de Archie Harrison Mountbatten-Windsor, que nasceu em maio de 2019

Nesta quarta-feira, 23 de novembro, Meghan Markle, duquesa de Sussex, disse que que sofreu um aborto natural em julho, segundo o artigo de opinião publicado no jornal “The New York Times”. Era a segunda gestação da atriz, que é casada com o príncipe Harry, desde em 2018.

-Publicidade-

Para o artigo que recebeu o título “The Losses We Share” (Foto: Getty)

Esquenta Black Friday

A Black Friday da Amazon está chegando! Para conferir os produtos que já estão com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUI! Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI.

Para o artigo que recebeu o título “The Losses We Share” (as perdas que compartilhamos, em português), Meghan escreve que havia acabado de trocar a fralda do filho quando sentiu uma forte contração e caiu no chão. “Era uma manhã de julho que começou tão normalmente quanto qualquer outro dia. (…) Amarrei meu cabelo num rabo de cavalo antes de pegar meu filho no berço. Depois de trocar a fralda, senti uma cãibra forte. Eu me joguei no chão com ele em meus braços, cantarolando uma canção de ninar para nos manter calmos, a melodia alegre em forte contraste com a minha sensação de que algo não estava certo. Eu sabia, enquanto agarrava meu primeiro filho, que estava perdendo meu segundo filho”.

A atriz e Harry já são pais de Archie Harrison Mountbatten-Windsor, que nasceu em maio de 2019. Archie é o sétimo na linha sucessória do trono britânico, mas não recebeu o título de príncipe por escolha dos pais. Meghan relata que sofrer um aborto espontâneo é uma “dor insuportável”. Ela diz que o tema continua sendo um “tabu, impregnado de vergonha (injustificada), que perpetua um ciclo de luto solitário”.

A duquesa, então, reflete sobre como talvez a melhor maneira de começar a curar a dor da perda de um filho seja perguntando: “Você está bem?”. “Perder um filho nos deixa em constante luto, muitas de nós passamos por isso, mas poucas conseguem falar sobre”, diz segundo o artigo.

Meghan ainda lembrou das vítimas da Covid-19 e também de Breonna Taylor, jovem negra morta em uma ação policial nos Estados Unidos.

Mudanças

Meghan e o marido  anunciaram em janeiro que abandonariam as obrigações oficiais como membros da família real britânica, alegando não suportar a pressão da imprensa britânica sobre a realeza, e em março deixou de representar a coroa do Reino Unido. Após a saída da realeza, a família  se mudou primeiro para o Canadá e depois para a Califórnia, na costa oeste dos Estados Unidos, onde vivem atualmente.

Seminário Internacional Pais&Filhos

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!