“Meu marido engravidou a minha irmã e meus pais querem que eu perdoe ela”, desabafa mulher

O caso todo aconteceu há cinco anos e uma mulher resolveu abrir sua história de maneira anônima para pedir conselhos se realmente deveria deixar os problemas com o ex-marido e a irmã para trás

Resumo da Notícia

  • Uma mulher contou que foi traída pelo marido com a própria irmã dela
  • Além de tudo, a irmã engravidou e o ex-marido preferiu construir uma família com ela
  • Agora, ela pediu ajuda para saber se deve fazer a vontade dos pais e perdoar a irmã

A dificuldade para engravidar pode gerar diversos conflitos entre casais. No caso dessa mulher, que preferiu não se identificar, os problemas chegaram no auge quando ela descobriu que o marido a traía com a própria irmã dela.

-Publicidade-

Para contar sua história de maneira anônima, que aconteceu há 5 anos, ela usou a coluna Dear Prudence, do Slate.com. Lá, começou a contar o que houve entre ela, o marido e a irmã. “Quando meu ex e eu nos casamos, tivemos problemas para conceber e isso gerou anos de mágoa. Achei que nosso casamento era forte o suficiente para sobreviver a isso”, ela começou.

“Então eu descobri que ele estava tendo um caso com minha irmã. Tivemos uma briga enorme e traumática e meu marido e eu decidimos, então, nos mudar e começar de novo. Algumas semanas depois que nos mudamos, minha irmã deu a notícia de que ela estava grávida (surpresa!). Meu ex então se divorciou de mim para começar uma família com ela.”

"Meu marido engravidou a minha irmã e meus pais querem que eu perdoe ela", desabafa mulher
“Meu marido engravidou a minha irmã e meus pais querem que eu perdoe ela”, desabafa mulher (Foto/Ilustrativa Getty Images)

Ainda segundo o relato da mulher, ela e a irmã já tinham problemas há muitos anos. Por causa disso, nunca se encontravam nos mesmos eventos familiares. Os pais dela, que no início também brigaram com a filha por causa da traição, perdoaram ela após o nascimento do bebê. Foi então que a mulher resolveu olhar as redes sociais da irmã.

Lá, ela se deparou com fotos que preferia nunca ter visto e que a fez “literalmente vomitar”. “Vi centenas de fotos felizes deles como uma família. Meu ex-marido a beijando depois que ela acabou de dar à luz, fotos da festa de aniversário feliz, viagens em família…”. Mesmo assim, ela ainda perguntou se deveria voltar a tolerar a presença da irmã para realizar as vontades dos pais delas.

Como resposta, a colunista do Dear Prudence deu um conselho sobre o que ela poderia fazer. Segundo ela, o melhor a se fazer é conversar com um terapeuta sobre o que aconteceu e lembrar sempre que a sobrinha, filha do ex-marido, não tem culpa de nada na história.