Ministério da Saúde lança guia para descomplicar a alimentação de crianças vegetarianas e veganas

A Sociedade Vegetariana Brasileira ajudou na construção do documento

As dúvidas serão esclarecidas com esse Guia (Foto: reprodução/ Getty Images)

O Guia Alimentar para Crianças Brasileiras Menores de Dois Anos lançou uma nova edição trazendo, pela primeira vez, uma infinidade de informações se você faz parte do time de pais que querem ou já adaptaram a alimentação dos filhos para dietas vegetarianas ou veganas.

-Publicidade-

Para enriquecer as pesquisas, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) contribuiu na construção do conteúdo, desmistificando esse estilo de vida para crianças. A nutricionista Aline Vieira, responsável pela área de Nutrição Materno-Infantil da SVB, também forneceu conhecimento sobre o tema.

Classificaram cada regime alimentar, como por exemplo: vegetariano, ovovegetariano, ovolactovegetariano, lactovegetariano, vegetariano estrito e vegano. Além de enfatizaram a importância da amamentação e do consumo de legumes, verduras, feijões e frutas para o desenvolvimento das crianças.

-Publicidade-

Explicam que, nos primeiros seis meses de vida, toda criança precisa consumir apenas leite materno, como principal fonte de energia e nutrientes. O Guia também dá para a gente diversas orientações nos cardápios na hora das refeições, para que seu filho consuma todos os nutrientes necessários.

Comentam também sobre a importância da Vitamina B12, encontrada em alimentos de origem animal e como conseguir obtê-la mesmo que seja através de dietas veganas. Thaísa Navolar, nutricionista e organizadora do livro “Alimentação para Bebês e Crianças Vegetarianas até 2 Anos de Idade” (SVB, 2019), também trás colaborações para o Guia.

Ela explica que muitos pais não são incentivados a optarem pela alimentação vegetariana aos filhos por falta de informação. “A introdução alimentar vegetariana ou vegana deve ser feita com atenção aos grupos alimentares presentes no prato, como para qualquer outra criança. Fazendo isso, não há nenhuma dificuldade”.

Outro tema importante que o Guia aborda é sobre a obesidade. Segundo o Ministério da Saúde, mais de 4 milhões de crianças estão acima do peso no Brasil e mais de 2 milhões têm sobrepeso. Para Alessandra Luglio, nutricionista e Coordenadora do Departamento de Saúde e Nutrição da SVB, a epidemia de obesidade está diretamente relacionada com os hábitos alimentares.

“O brasileiro hoje come cerca de 300 gramas de carnes por dia, incluindo carnes processadas e embutidas, e esse hábito começa na primeira infância. Os produtos de origem animal têm alto teor de gorduras saturadas e colesterol. Precisamos começar a falar mais não apenas da viabilidade, mas das vantagens da alimentação vegana desde cedo na prevenção de doenças e promoção de qualidade de vida”, disse a nutricionista.

Para saber mais informações sobre o guia publicado pelo Ministério da Saúde ou então baixar o material completo, é possível acessar o material na íntegra por meio de um link. Basta clicar aqui, para ter acesso.

Leia também: 

Marido de Ivete Sangalo posta foto rara da filha e dá dica de ouro sobre alimentação

Hora de comer: produtos para te ajudar na alimentação do seu filho

A alimentação do seu filho é responsabilidade sua!

    -Publicidade-