Modelo Bruno Krupp é preso após atropelar e matar adolescente

Após ser encontrado em hospital no Méier, na Zona Norte do Rio, o influenciador ficará sob custódia em unidade de saúde, após atropelar João Gabriel Cardim Guimarães, o levando a morte

Resumo da Notícia

  • Após matar estudante ao dirigir moto em alta velocidade, sem placa e sem habilitação, o modelo Bruno Krupp foi preso e responde por homicídio doloso
  • O impacto brutal do acidente fez com que perna de João Gabriel Cardim Guimarães fosse arremessada a 50 metros do acidente
  • Testemunha afirma que o influenciador já havia pilotado a moto em alta velocidade outras vezes

Um mandado de prisão foi expedido contra o modelo e influenciador Bruno Krupp, que responde por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.

-Publicidade-

O rapaz pilotava uma moto em alta velocidade e sem placa, nem habilitação, quando atingiu o jovem João Gabriel Cardim Guimarães em um acidente brutal. Entre as diversas testemunhas que viram o exato momento do acontecido, um policial militar relatou que a perna do estudante foi amputada com o forte impacto, fazendo com que o membro fosse lançado a 50 metros do local onde foi atropelado.

Bruno Krupp é preso por homicídio, após dirigir em alta velocidade e matar jovem em atropelamento (Foto: reprodução/Instagram)
Bruno Krupp é preso por homicídio, após dirigir em alta velocidade e matar jovem em atropelamento (Foto: reprodução/Instagram)

A perna chegou a ser colocada em uma caixa térmica com gelo para que fosse preservada enquanto João era socorrido, sendo levado ao Hospital Municipal Lourenço Jorge. Apesar dos esforços durante o resgate, a vítima não resistiu.

O jovem de 25 anos que pilotava a moto, segundo testemunhas, já era acostumado a pilotar em alta velocidade a Yamaha cinza que possui e as imagens de segurança divulgadas mostram o que foi relatado. João Gabriel atravessava a rua com sua mãe na faixa de pedestres quando o impacto aconteceu.

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

Um quiosqueiro que viu quando o acidente aconteceu relata que já havia visto Bruno correr outras diversas vezes: “Ele é conhecido, todo fim de semana passa aqui. Aquelas motos barulhentas, passa aqui voado, às vezes passa aqui, e quando a gente olha ele já está bem longe”.

Além do excesso de velocidade, recentemente, após ser parado em uma blitz, o modelo foi multado por não ter habilitação, usando a mesma moto sem identificação que atingiu João Gabriel. Após o ocorrido no sábado, ambos foram levados em uma ambulância do Corpo de Bombeiros, e inconsciente, João foi encaminhado para o centro cirúrgico, mas faleceu logo em seguida.”Minha irmã está destruída pela dor. Nós todos também. Destruídos pela perda do único neto, do único filho” afirma a tia da vítima, Débora Cardim.

Câmera de segurança flagra exato momento em que Bruno Krupp passa em alta velocidade com moto (Foto: reprodução/G1)

A Justiça do Rio de Janeiro expediu um mandado de prisão contra Bruno Krupp, que responde por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar. O rapaz foi encontrado no hospital, onde passaria por uma cirurgia na clávicula. Ele ficará sob custódia, até ser liberado pelos médicos.