Neve e frio intenso no Brasil: 12 estados em que as temperaturas vão cair (muito!) nesta semana

Alguns lugares do país poderão enfrentar temperaturas negativas e até mesmo neve! Os centros de meteorologia informaram que essa poderá ser a massa de ar polar mais forte de 2021

Resumo da Notícia

  • A massa se ar polar poderá ser a mais forte de 2021 até o momento
  • Alguns estados do Brasil vão registrar temperaturas negativas nesta semana
  • É previsto neve e temperaturas negativas no sul do país

Já separa o cobertor e uma sopa quentinha porque as temperaturas vão cair ainda mais no Brasil! Entre quarta-feira, 28 de julho, e domingo, 1º de agosto, o país poderá ter neve nas serras gaúcha e catarinense e graus negativos na região sul e sudeste.

-Publicidade-

De acordo com os centros de meteorologia do país, uma massa de ar frio, de origem polar, pode fazer com que a região sul tenha temperaturas de -9ºC e -10ºC. “Poderá ser a massa de ar frio mais forte de 2021 até agora”, informou um boletim do Climatempo. Já a MetSul, disse que as temperaturas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina “devem figurar entre as mais fortes da história recente” dos estados.

Vale lembrar que a temperatura deve ficar entre 10ºC e 15ºC abaixo do que é esperado nesta época do ano no Centro-Sul do país, de acordo com a MetSul. Mas o frio não para por aí: é previsto neve e temperaturas negativas no sul e sudeste e, pelo menos, 12 estados e o Distrito Federal com dias de frio intenso já a partir desta terça-feira, 27 de julho, até sexta-feira, 30 de julho.

Alguns estados do Brasil podem alcançar temperaturas negativas nesta semana (Foto: Shutterstock)

De acordo com o Climatempo, os locais que terão as maiores quedas de temperatura são: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia, Acre e sul do Amazonas.

O ar polar “será uma ‘bolha’ de ar gelado de grandes dimensões e que será responsável por um acentuado resfriamento em diversos estados brasileiros no meio da semana”, diz o boletim do MetSul de segunda-feira, 26 de julho. “Esta será uma das erupções de ar polar de maior intensidade dos tempos recentes no sul do Brasil e as marcas mínimas em algumas estações, especialmente de municípios de maior altitude, devem ficar entre as mais baixas registradas nos primeiros 20 anos deste século, mas, no geral, a onda de frio não deve superar em força as ondas de frio, por exemplo, dos anos 2000 e 2012”.

Na região sudeste, as temperaturas mais baixas vão acontecer na quinta-feira, 29 de julho, e sexta-feira, 30 de julho, com mínimas entre -2 °C e -3 °C na serra da Mantiqueira e máximas sempre abaixo de 15ºC. “A cidade de São Paulo, entretanto, por estar mais perto da costa e mais ao Sul da Região Sudeste do Brasil deve sentir com força este episódio de ar gelado entre quarta e sexta. Na quarta se espera chuva, vento e frio. Na quinta, o frio prossegue forte. E, na sexta, o amanhecer será gelado com chance de geada em diversos bairros e marcas negativas no Sul da cidade”, informou o MetSul.