Relato: “Coloquei minha filha para dormir no quintal após forjar roubo da empregada”

Pai relata que castigou a filha de forma severa, após ela colocar o celular na bolsa da empregada para acusá-la injustamente

Resumo da Notícia

  • Pai colocou a filha para dormir no quintal, após ela agir de forma injusta contra a empregada
  • Afirmou já havia escolhido outras formas para castigá-la, mas não teve sucesso
  • Ele compartilha a história em um veículo pedindo sugestões do que realmente poderia ter feito.

Um pai castigou a filha, de 16 anos, após ela colocar um celular na bolsa da empregada, para forjar um roubo contra ela. A jovem fez isso para que a funcionária fosse demitida pelos pais. No entanto, a ação foi registrada pelas câmeras da casa, que entregou o caso à justiça.

-Publicidade-
Pai castiga filha para dormir no quintal
Pai castiga filha após ela forjar roubo contra empregada (Foto: Reprodução/ Getty Images)

“Minha esposa disse que eu deveria pegar leve com ela. Mas, refleti que era errado acusar alguém de roubo injustamente. Então, decidi seguir com a minha decisão”, relatou o pai ao veículo Bored Panda. “A decisão pela qual escolhi este castigo, foi devido ao fato de minha filha ter Germafobia (medo patológico de germes) e usa isso como desculpas para insultar outras pessoas quanto a higiene e aparência. O quintal está sujo e com muitos insetos, então por isso o motivo da escolhe. Entretanto, lá é completamente seguro”, escreveu.

Segundo ele, a menina já havia tido diversos problemas com o comportamento e relações com as pessoas. O pai relata que ela costuma ser insensível nos comentários sobre aparência das pessoas e não têm filtro para dizer qualquer o que pensa. “Ela era educada, mas minha esposa suspeita que esse comportamento começou por influência alheia”, continuou. “Conversei muitas vezes com ela, sobre como isso pode afetar negativamente às pessoas ao redor dela. A empregada já havia reclamado sobre os comentários ofensivos que havia recebido dela”.

O homem também contou que, na última semana, não havia deixado a filha ir para a festa, após ter chamado a empregada de ‘suja’. Dias depois, a menina relatou que não estava conseguindo encontrar o celular: “Ela me pediu para ligar ao número dela. Minha esposa e eu ficamos surpresos quando vimos que ele estava tocando dentro da bolsa da funcionária. Imediatamente, questionei a ela sobre o ocorrido e ela negou”, disse. Antes de dar continuidade no assunto, o pai decidiu verificar as câmeras internas da casa e se deparou com a cena da jovem forjando o roubo.

Para que a menina compreendesse a gravidade do ocorrido, ela foi colocada para dormir no quintal por um determinado tempo, como forma de punição. No entanto, ele passou a refletir sobre o assunto e teve receio de estar exagerando no castigo. “Ela chorou implorando para que eu não a deixasse dormir com a sujeira, insetos e temperatura quente. Eu me recusei discutir sobre o assunto, caso contrário deixaria por mais duas noites”, confessou.

O pai também fala porque não escolheu outro castigo relacionado a limpezas domésticas, por conta da condição da jovem: “Já tentei isso antes e não funcionou. Ela parou de comer por dias para evitar limpeza, e acabou sendo encaminhada para a emergência com pressão baixa”, afirmou.

A história foi compartilhada pelo pai, no veículo Bored Panda. Ele estava com dúvidas se realmente seria válido a forma de punição e questionou à alguns internautas sobre o assunto.