Táxi voador levanta vôo pela primeira vez na Coréia do Sul

A aeronave passou por um vôo teste e tem previsão de estar à ativa em 2025

Resumo da Notícia

  • Táxi aéreo levanta voo pela primeira vez na Coréia do Sul
  • A aeronave poderá diminuir o congestionamento de carros
  • Ela também poderá auxiliar na economia local

Além das motos e carros voadores, também chegou a vez do táxi voador! O veículo, com estrutura de um grande drone, voou, pela primeira vez, em fase teste na Coréia do Sul, na última quinta-feira (11).

-Publicidade-

Ele sobrevoou durante sete minutos em um evento de jornalistas que acontecia na capital do país, Seul. O aeronave é pilotada de forma totalmente elétrica e pode levar até duas pessoas. Ele é equipado por motores semelhantes ao de helicópteros, podendo realizar decolagens e pousos verticais.

Taxi aéreo levanta voo na Coréia do Sul
Taxi aéreo levanta voo na Coréia do Sul (Foto: Reprodução / Só Notícia Boa)

O transporte tem a opção de ser dirigido de forma automática, no entanto, por questões de segurança sempre terá um piloto dirigindo a aeronave. Além de também obter a confiança das pessoas que estarão abordo.

O veículo foi criado com o intuito de fazer ponte aérea entre os principais aeroportos da cidade, de acordo com o governo da Coreia do Sul, a partir do ano de 2025.

Essas locomoções podem reduzir em 2/3 o tempo de viagem com distâncias de 30 a 50 km. Portanto, ao invés de usar uma hora de carro, teriam apenas 20 minutos de avião, de acordo com o Ministério dos Transportes.

Além da redução de tempo, também poderá diminuir os congestionamentos nas ruas. O governo acredita que uma maior quantidade de veículos aéreos poderão corroborar com a ideia, trazendo melhorias aos grandes centros urbanos.

Os táxis aéreos também poderão tornar a cidade mais silenciosa, devido às hélices movidas a eletricidade. Gerando, até mesmo, um grande engate para a economia do país.

Os preços podem variam de 110.000 won (aproximadamente R$500), no entanto há pretenções do valor diminuir de acordo com o aumento da demanda.