Família

60,6% das brasileiras nunca jogaram futebol

Muitas por simplesmente serem mulheres; não existem quaisquer empecilhos físicos

Ana Beatriz Alves

Ana Beatriz Alves ,Filha de Maria de Fátima

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

A história do futebol está muito atrelada à imagem masculina: na maioria das vezes, torcedores são homens e os times masculinos têm mais fama, quando comparado aos das mulheres. A pesquisa “a importância do futebol na vida do Brasileiro”, realizada com mais de 10 mil pessoas, confirma isso. Enquanto 60,6% das mulheres nunca jogaram bola, somente 15% dos homens nunca praticaram o esporte. Desenvolvido pela “Pés Sem Dor” – empresa que confecciona palmilhas ortopédicas sob medida em escâneres e impressoras 3D, o estudo perguntou às mulheres a razão pela qual nunca jogaram futebol. A maioria das respostas foi:

“Sou mulher”
“Na minha época mulher não podia jogar”
“Não havia times femininos”
“Sendo do sexo feminino, não gosto e não pratico esse esporte”
“Por machismo”
“Sou mulher, mas sempre gostei muito do futebol”
“Sou menina“.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

Mesmo tendo opções de múltipla escolha, mais de 100 respostas similares foram escritas. Mateus Martinez, especialista e mestre em Fisioterapia explica que “não existe qualquer razão física ou anatômica que justifique qualquer inferioridade no corpo feminino. O esporte pode ser intenso, mas não existem quaisquer empecilhos para que as mulheres joguem tanto futebol quanto os homens”.

Para Jéssica Posterli, psicóloga, as razões que impedem as mulheres de praticarem o esporte são sociais. “Estamos diante de um preconceito que está sendo vencido aos poucos. A luta é diária e muito árdua. Infelizmente muitas mulheres ainda não possuem uma liberdade simples como a de jogar bola, por não encontrarem espaço devido ao machismo.”

Fizemos uma enquete no nosso Insta Stories e das 456 mães e pais de meninas que responderam, 42% disse que a filha já jogou futebol, enquanto 58% disse que não.

Sua filha já mostrou interesse em relação ao esporte? Se sim, você incentivou? Se não, ela teve oportunidade de conhecer mais sobre? Seu papel como pai e mãe pode mudar essa realidade.

Leia também:

Futebol também é coisa de menina 

5 coisas que você deveria ensinar ao seu filho para o bem das meninas

7 coisas que todo pai de menina deveria saber 

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não