Bebês

Gêmeas nascem com 97 dias de diferença e a história é de dar nó na cabeça

O caso aconteceu em Cologne, na Alemanha

Cecilia Malavolta

Cecilia Malavolta ,Filha de Iêda e Afonso

Os médicos acreditam que as gêmeas tenham quebrado um record mundial (Foto: Getty Images)

O nascimento de gêmeas não-idênticas causou curiosidade entre os médicos do Hospital Holweide, localizado em Cologne, na Alemanha. Isso porque o tempo entre cada uma delas vir ao mundo foi de três meses.

Oxana, mãe das meninas, entrou em trabalho de parto quando tinha apenas 26 semanas e deu à luz prematuramente sua primeira filha, Liana, nascida em novembro de 2017. Depois disso, a gestação da segunda bebê continuou normalmente e Leonie nasceu três meses depois que a irmã gêmea.

O caso foi explicado pelo porta-voz do hospital: “Após o nascimento da primeira criança, as contrações cessaram e o colo do útero de Oxana se fechou novamente. Assim, a segunda bebê pode continuar crescendo dentro da mãe”.  A dra Uwe Schellenberger, chefe da maternidade do hospital, comentou que tudo era favorável para tomar essa decisão.

Apesar de ser um caso raro, essa não foi a primeira vez que gêmeos nasceram com dias de diferença no Hospital Holweide. “Mas 97 dias de diferença é especial até para nós. Talvez as meninas tenham quebrado um recorde mundial”, ela comentou. Já imaginou?

Gêmeas nascem com três meses de diferença na Alemanha (Foto: Reprodução / Central European News)

Leia também:

Gêmeos idênticos assumem a paternidade da mesma criança e história é de dar nó na cabeça

Mãe de gêmeos perde um dos filhos e faz ensaio newborn em homenagem ao bebê 

Mulher com dois úteros dá à luz gêmeos um mês depois de ter bebê prematuro