Bebês

5 benefícios da acupuntura em bebês e crianças

O atendimento também está disponível pelo SUS

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Sim, você leu certo. A acupuntura não é um recurso apenas para adultos, mas também para bebês e crianças. De acordo com a Dra. Márcia Yamamura médica especialista em Acupuntura Pediátrica e vice-presidente do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura (CMBA), mãe de Yohhan, não há uma idade estipulada para começar. “O recém-nascido já está apto para fazer acupuntura se for necessário”, explica.

É provável que você tenha sentido uma certa agonia ao ler o título da matéria e essa reação tem explicação. “Nós, ocidentais, temos uma questão emocional com a agulha. Um medo gerado na infância”, conta a especialista. Segundo Márcia, as mães costumam tratar a picadinha como uma punição e isso cria o medo nas crianças.

“Durante o tratamento a gente não mente para a criança, explicamos todo o procedimento e falamos que ela vai ter a sensação da agulha entrando”, comenta. Márcia explicou para a gente que os profissionais não afirmam que dói, nem que não dói, porque cada um tem uma reação diferente. “Mas nunca fazemos a força”. Até porque é preciso ficar um tempo com a agulha no corpo para fazer efeito, porém cada faixa-etária tem um período determinado. Crianças menores ficam cerca de 10 minutos, maiores 15 e pré-adolescentes podem ficar até 30 minutos com as agulhas.

A médica compartilhou com a gente 5 benefícios da acupuntura para bebês e crianças:

1. Diminui as medicações porque prática reduz significativamente as chances do seu filho ficar doente. “É um método de prevenção, a gente costuma levar o filho só quando está doente, mas não vamos fazer o check up regularmente para prevenir alguma doença. Isso precisa mudar”, aconselha Márcia.

2. Ajuda nas cólicas e dores de cabeçaA especialista explicou pra gente que aumentou o número de crianças no consultório com cefaleia, mais conhecida como dor de cabeça. A acupuntura pode ajudar!

3. Reduz crise de asma justamente por ter um efeito anti-inflamatório no organismo, a acupuntura estimula, através dos nervos, nossas defesas e aumenta a produção anti-inflamatória do nosso próprio organismo.

4. Evita obesidade por trabalhar também o emocional da criança, diminui a ansiedade. “Muitas delas relacionam a ansiedade com a comida e acabam engordando por isso”, comenta a médica.

5. Melhora o rendimento escolar.

É importante lembrar que o tratamento precisa ser feito por um médico pediatra especializado em acupuntura. Mas precisa ser formado em medicina, porque somente um médico poderá realizar o diagnóstico preciso. “Fique de olho para não levar o seu filho em qualquer lugar”. E uma ótima notícia é que esse atendimento é disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Para passar pelo SUS seu filho só precisa ter o cartão nacional do atendimento. Porém verifica se aquela unidade tem um serviço de acupuntura específico para crianças, porque é diferente”, aconselha.

Leia também:

Conheça 17 dicas de cuidados com recém-nascido

8 sinais de que seu filho é saudável e você nem sabia

Cuidado com a pele do bebê: os produtos naturais e orgânicos são os mais indicados

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não