Bebês

Após acidente, mulher salva mãe e bebê de carro prestes a explodir

A criança tinha 3 meses

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

(Foto: Reprodução/ Site Razões para Acreditar)

(Foto: Reprodução/ Site Razões para Acreditar)

Catharina Lirya sofreu um acidente na Dutra, em São Paulo, quando um carro invadiu a estrada e um ônibus acabou fechando seu carro ao mesmo tempo. O veículo então bateu na lateral da pista e capotou. “Eu amamentava meu filho na época, ele tinha 3 meses quando batemos e eu fiquei escondida com ele pra ele mamar e pra ele não dormir enquanto chegava o resgate”, revelou Catharina para o site Razões para Acreditar.

Depois do ocorrido, os passageiros do ônibus começaram a descer para ver o que havia acontecido, parando o trânsito da pista. Nesse momento uma mulher chamada Alessandra começou a chamar a mãe para dentro de seu carro. “Eu só conseguia falar pra ela que o carro ia explodir, porque era isso que gritavam na hora. Ela disse ‘não vai! vem aqui’ e me colocou dentro do carro dela; eu tava toda cheia de sangue na boca. E ela só falava que não tinha nada demais!”, disse.

Ela achou que não sairia com vida da situação, no entanto, conseguiu escapar pela janela do carro. A mãe disse que imaginava se seu filho estaria todo machucado por dentro, no entanto, não deixou transparecer seu medo. “Eu não chorei para não passar a sensação de susto pra ele, já bastava toda situação”, revelou.

Além disso, Alessandra fez de tudo para ser uma fortaleza para Catharina e seu bebê naquele momento. “Ela conseguiu nos passar uma calma e um conforto que eu jamais pensei! Nem no resgate me senti tão segura. Eu só queria dizer pra ela, pro filho dela, Pedro, que eles são pessoas incríveis. Foram anjos em forma de gente naquela noite”, disse a mãe que sofreu o acidente.

Alessandra foi a única pessoa a oferecer ajuda enquanto outras só olhavam e gritavam que havia um bebê dentro do carro. Para Catharina, quando existe um bebê em um acidente, as pessoas ficam muito mais chocadas e receosas, não conseguindo agir. De qualquer forma, não podemos negar que a atitude de Alessandra foi incrível.

Leia também:

Bebê nasce depois de acidente grave de caminhão em SP

Entenda porquê a principal causa de morte entre as crianças são os acidentes de trânsito

Supreendente: Menino desperta de coma após grave acidente de trânsito!