Bebês

Bebê nasce com cauda de 13 centímetros em caso raríssimo

As fotos foram publicadas pelo jornal colombiano Vox Populi e viralizaram

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

 

O membro foi removido por uma cirurgia simples (Foto: Reprodução / Vox Populi)

Um bebê colombiano nasceu com uma cauda de 13 centímetros no fim das costas por causa genética. De acordo com o site de notícias Vox Populi, o responsável por ter divulgado as primeiras fotos, a cauda não tinha relação com a coluna vertebral e nem com o sistema nervoso, por isso a cirurgia de retirada foi simples e durou cerca de uma hora.

Ainda de acordo com o site, o especialista em ginecologia e obstetrícia que acompanhou a gestação contou que entre a quarta e oitava semana da gravidez todos os bebês desenvolvem uma pequena cauda mas ela é absorvida pelo organismo durante o processo de desenvolvimento do feto. O que significa que o bebê teve uma complicação por falha genética.

A identidade do bebê não foi revelada (Foto: Reprodução / Vox Populi)

Os glóbulos brancos desgastam as doze vértebras e “diminuem” a quarta e a quinta, porém no caso desse bebê, o gene não agiu de maneira correta e o glóbulos brancos não terminaram por completo a ação, o que fez com que a cauda se desenvolvesse, já que ela não foi absorvida e então. Por isso precisou de cirurgia para retirar.

O erro genético é tão incomum que até agora existem apenas 30 casos de bebês que nasceram com a “cauda vestigial” e em toda a história do planeta há registros de apenas 100 casos parecidos com este.

Leia também: 

Em caso raro, gêmeas idênticas nascem em dias e anos diferentes

Caso raro: bebês nascem empelicados e vídeo bomba nas redes

Mãe tem filhos de 4 cores diferentes em caso bem raro: “Muitos perguntam se eles são adotados”