Uva-passa: não pode faltar na ceia

Ela é polêmica e gera muitas discussões em família, mas te mostramos alguns bons motivos para incluí-la no cardápio

Natal chegando e com ele a uva-passa… Essa pequena fruta que é capaz de dividir opiniões entre os familiares possui muitos benefícios para a saúde. Elas são fontes de carboidratos e contêm grandes quantidades de ferro, vitaminas A, B1, B2, B3, B6 e minerais, muito importantes na manutenção corporal.

A uva-passa é rica em vitaminas (Foto: Getty Images)

Além disso, é um alimento com diversos compostos fenólicos em altas concentrações, como as antocianinas e os glicosídeos de flavonóis, que apresentam atividade antioxidante e propriedades anti-inflamatórias e anticancerígenas.

Uma das questões mais interessantes da uva-passa é que pode ser incorporada facilmente na rotina, fazendo parte de receitas doces e salgadas e, assim, estando presente no cardápio das grandes refeições e lanches. Geralmente, é incluída nos cereais, panificação, laticínios e produtos de confeitaria, mas também pode ser um trunfo de um prato para dar aquele toque final.

Se ainda resta alguma dúvida, te damos cinco motivos para apostar nessa fruta: regula o intestino, tem efeito energético, protege contra doenças cardiovasculares, previne anemia e fortalece o sistema imunológico. Por isso, aproveite muito essa época do ano com panetones, arroz, farofa, salada de maionese e outros pratos que levam uva-passa.

Aproveite para incluir no cardápio do Natal (Foto: Getty Images)

Na medida certa

  • Após a secagem da uva, o açúcar natural e outros nutrientes como antioxidantes e vitaminas ficam mais concentrados
  • Por conter frutose, um açúcar natural das frutas, a uva-passa deve ser consumida de forma moderada: até duas colheres de sopa por dia
  • São 3 tipos: clara (polpa com textura crocante), linda (com baixo teor de açúcar e acidez), e morena (bom equilíbrio entre doçura e acidez)