Sobre valores e uma vida sustentável

Quando nos damos conta de que nada é barato, na verdade, tudo tem um valor

Quando pensamos numa casa sem lixo automaticamente enxergamos “as coisas” que ela tem. E, num mundo capitalista e consumista como o nosso, impossível não pensar no valor dessas coisas!

A vida sustentável não é nada barata (Foto: Shutterstock)

Não sei você, mas em geral, eu vivo em busca do famoso BOM, BONITO e BARATO. Só que em nossa jornada sustentável descobri que nada é de fato barato. Tudo tem um valor, não apenas monetário. Valores muitas vezes incalculáveis.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

Alguém plantou, outro colheu, o fulano cortou, a outra costurou… Uma mãe ficou menos tempo com seu filho, o marido longe da esposa. Alguém dormiu pouco, outro passou calor…  Muita satisfação. Satisfação nenhuma. Trânsito, gasolina, estradas, poluição, litros e litros de água, doenças… Desgaste da terra, da saúde… Etc.

Cada coisa que eu consumo e, que de uma forma ou de outra, entra na minha casa, teve sua trajetória, e com certeza, um custo, portanto, tem um valor. Será que os meus valores estão de acordo com o meu consumo?

Nunca vou esquecer, de quando passamos pela primeira vez as férias no sítio de um tio, lá no Rio Grande do Sul. Eu era criança, assim como meus primos que estavam lá. A a maioria tinha vindo “da cidade”. Um deles, o mais novinho, ficou perplexo ao ver o caseiro do sítio arrancando as laranjas da árvore e disse: “Lá na minha cidade as laranjas dão em caixa, não em árvore!”