Criança

80% dos pais não têm ideia do conteúdo que os filhos acessam na internet

Você sabe com quantos anos seu filho pode ter um celular?

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

Os cuidados que os pais devem ter com as crianças usando celulares (Foto: iStock)

Os cuidados que os pais devem ter com as crianças usando celulares (Foto: iStock)

O uso da internet e dos celulares é uma grande preocupação dos pais. Entregar seu filho às redes sociais e jogos no celular é abrir espaço para contatos novos e informações.

Em 2017, o “jogo da Baleia Azul” se tornou um assunto sério e foi associado diretamente com o aumento de casos de suicídio entre crianças e adolescentes. Neste ano, o alerta surgiu pelo aparecimento de “Momo”, uma imagem feminina de olhos grandes e cabelos longos e pretos que lança desafio aos jovens através do WhatsApp. 

A pessoa por trás do número começa a fazer ameaças envolvendo os familiares das crianças, usando informações pessoais da família, desafiando a fazer coisas perigosas. Foi por influência desse tipo de desafio que Artur Luis Barros dos Santos, de 9 anos, foi encontrado enforcado no quintal de casa no Recife em 15 de agosto.

Como controlar seus filhos

Cerca de 80% dos pais não sabem o que os filhos acessam na internet, segundo uma pesquisa do CyberHandbook. De acordo com Andrea Ramal, doutora em Educação pela PUC-Rio e autora do livro Educação na Cibercultura, você PRECISA estar antenado e participar do mundo digital e acompanhar o seu filho.

Não tem como escapar é preciso se informar cada vez mais sobre tecnologia e aprender a usar os dispositivos e mídias que as crianças dominam. É o único jeito de saber o que está acontecendo e assim poder proteger seu filho sempre que uma ameaça chegar ao seu radas!

Segundo Maíbi Mascarenhas, pedagoga, coordenadora da pós-graduação em Educação Inclusiva do Instituto Brasileiro de Formação de Educadores, gestora da “Água Mágica Festas e Artes” e mãe da Valentina, o melhor caminho é: colocar filtros nos aplicativos, limitar o tempo de uso e acompanhar todas as atividades da criança no celular bem de perto.

“Sim, fique ao lado, vasculhe o histórico e pergunte sobre o que viu. Mostre também exemplos de informações que não são reais e deixe claro que qualquer ameaça a ele, família ou qualquer outra pessoa, deverá ser avisada. Converse com ele explicando, de um jeito que seu filho possa entender, que parte do que existe na internet não é real”, aconselha Maibí.

Conversa é a chave! Fale com seu filho sobre as redes sociais o tempo inteiro. Uma dica é ficar atenta a comportamentos que fujam do normal e falar sobre desafios que não são brincadeiras como o da Momo.

Qual a idade certa?

O Manual de Orientação da Sociedade Brasileira de Pediatria sobre Saúde de Crianças e Adolescentes na Era Digital aconselha que o uso seja permitido somente acima dos 02 anos de idade, porém, há outras teorias e justificativas com posicionamentos diferentes. Nossa dica é pense nos valores e na maneira que a sua família funciona antes de decidir quando seu filho vai poder ter acesso à internet. A gente sabe que é muito mais fácil dar a Pepa Pig para a criança assistir quando está chorando e você quer muito usar o telefone, mas pondere. Equilíbrio é o melhor caminho!

Agora a pergunta é: quando dar um celular para o seu filho? Segundo Andrea, não há uma idade definida. Muitos pesquisadores trabalham com a idade de 12 anos, mas essa avaliação depende muito mais de você e de sua avaliação sobre a maturidade do seu filho. “Observe se a criança tem a noção do que é perigoso ou não durante o uso desses dispositivos e se há responsabilidade na hora de decidir o que fazer online. E o mais importante: imponha limites e monitore sempre!”, explica a consultora.

É preciso também ficar atento com o tempo de uso dos