Criança com suspeita de covid-19 encontra a melhor forma de alertar garis sobre contaminação

Renata Gaspar Kuhn ficou preocupada e não queria transmitir coronavírus para os trabalhadores. por i

Resumo da Notícia

  • Menina com suspeita de coronavírus encontra forma de alertar os garis sobre a possível contaminação
  • Pra fazer isso, ela escreveu um bilhete e colou no lixo
  • A foto do bilhete viralizou nas redes sociais
  • Veja a foto e o que ela escreveu

Durante a pandemia de coronavírus, as crianças tem mostrado cada vez mais que são capazes de dar muitas lições aos adultos. Renata Gaspar Kuhn, de 10 anos, é um ótimo exemplo disso. A garota está com suspeita de covid-19 e decidiu alertar os garis sobre a possibilidade de contaminação. A criança encontrou a própria forma de dar o recado para os profissionais e mantê-los seguros também.

-Publicidade-
Criança com suspeita de covid-19 encontra a melhor forma de alertar garis sobre contaminação (Foto: Getty Images)

Para fazer isso, a moradora de São José, cidade que fica na região metropolitana de Florianópolis, SC, escreveu um bilhete com a própria letra e colou no saco de lixo. “Cuidado, lixo possivelmente contaminado! Bom trabalho”, escreveu em uma folha, que foi colada na sacola com ajuda de uma fita.

Jaqueline Gaspar, mãe da garota, contou à Globo que a garota começou a sentir dor de cabeça, garganta e dor no abdome na terça-feira, 14 de julho. Preocupada, a mãe a levou ao médico, que contou que a principal suspeita é de contaminação pela covid-19. Desde então, as duas permanecem isoladas na casa onde moram. A atitude de Renata, não singela, viralizou em uma foto nas redes sociais e se tornou um ótimo exemplo de como estimular o cuidado com o próximo no meio da pandemia.

-Publicidade-
Renata fez um bilhete para os garis (Foto: reprodução TV Globo)

-Publicidade-