Mãe briga com novo vizinho após ele reclamar sobre desenhos do filho: “Ele foi muito agressivo”

O relato foi publicado na rede social Mumsnet e dividiu opiniões. O novo vizinho não gostava dos desenhos de giz que a criança fazia na rua da casa em que mora, e reclamou com a mãe

Resumo da Notícia

  • Uma mãe publicou um relato na Internet sobre desavença com novo vizinho
  • O novo morador reclamou dos desenhos que o filho dela fazia em frente à casa dele
  • A publicação dividiu opiniões de mães

Uma mãe ficou chocada quando um vizinho que havia se mudado recentemente fez uma reclamação sobre filho dela que fazia desenhos de giz na rua em frente à casa do novo morador. Ela explicou o caso na Internet e dividiu opiniões de mães na rede social Mumsnet.

-Publicidade-
O menino desenhava na rua com giz até o vizinho reclamar com a mãe que publicou o relato (Foto: Getty Images)

Ela explicou que as crianças da vizinhança sempre faziam desenhos de giz na rua e eram muito educadas. Um dia, chegando em casa, o novo vizinho acelerou o carro para perto da criança desenhando na rua, o que a deixou assustada, e logo depois, reclamou com a mãe: “Ele foi andando em direção ao meu filho e olhando para ele como se fosse um delinquente juvenil. […] Ele disse que os desenhos eram nojentos e como estava cansado de vê-los toda vez que chegava em casa, e que não devíamos estar brincando na rua e sim em algum parque. Ele foi muito agressivo”.

“Eu sugeri que ele fosse um pouco mais tolerante, já que em nossa vizinhança as crianças amam desenhar na rua. Ele disse que não tínhamos respeito algum e que iria reclamar de nós”, disse a mãe. Ela também contou que o filho é autista, e é encorajado a desenhar como parte da terapia, então “foi muito confuso ouvir alguém chamar aquela arte de nojenta”.

O relato dividiu opiniões no Mumsnet. Algumas comentaram coisas como: “Estou chocada que ele estava acelerando o carro e intimidando crianças pequenas! Não consigo superar isso!”, enquanto outras apenas disseram: “É só dizer para seu filho parar de desenhar em frente a casa dele”.