Menino de 11 anos morre e recebe uma linda homenagem de um bairro inteiro em Nova York

A família de Luca é de Nova York, Estados Unidos

Luca tinha 11 anos (Foto: reprodução/ Parents)

Luca Calanni, da cidade de Hamburgo, Nova York, Estados Unidos, tinha 11 anos quando contraiu uma gripe e foi levado para o hospital, mas por causa de algumas complicações, o menino que sempre foi saudável, não resistiu.

-Publicidade-

“Ele foi vacinado e fizemos todo o possível para impedir e ajudá-lo”, explicou sua mãe, Ashley Calanni. Luca foi ao médico três dias seguidos depois de contrair a gripe no início da semana passada. Ele foi levado ao Hospital Infantil de Oishei na última quarta feita quarta-feira, dia 8 de janeiro, para receber líquidos depois de ter sido diagnosticado com choque séptico. “Na época, Luca parecia estar muito melhor”, compartilhou sua mãe.

Dias depois, no entanto, Luca entrou em parada cardíaca quando a gripe começou a atacar seu coração. De acordo com o Departamento de Saúde do Condado de Erie , Luca morreu no último sábado, dia 11 de janeiro, no hospital. “A equipe maravilhosa fez tudo o que pôde para ajudá-lo. Não podemos agradecê-los o suficiente ”, compartilhou a família Calanni dos médicos e enfermeiros das instalações.

-Publicidade-
Era um menino muito amado pela comunidade (Foto: reprodução/ Parents)

Após a morte do menino de 11 anos, a família e a comunidade de Luca estão se lembrando dele como o “jovem maravilhoso” que ele era. Luca “impactou positivamente todos os que o cercavam”, escreveu o distrito escolar do garoto na página do Facebook , segunda-feira, dia 13 de janeiro.

“Quero que ele seja lembrado pelo garoto maravilhoso que ele era, e não apenas mais uma morte relacionada à gripe”, disse Ashley. “Ele era amado por muitos e era um irmão incrível para suas três irmãs.” Para homenagear Luca, os bairros do oeste de Nova York se uniram para “iluminar a laranja da noite”, alterando todas as luzes da varanda para a cor laranja.

“Não queremos que Luca se torne apenas uma estatística”, acrescentou sua mãe. Segundo o comissário de saúde do Condado de Erie, Gale Burstein, Luca foi o segundo filho a morrer de gripe no condado de Erie em 15 anos, informou a WGRZ, afiliada da NBC No entanto, ele acrescentou: “Estamos vendo muito mais gripe nesta temporada em comparação com outros anos”.

Leia também: 

Menino de 6 anos vence a leucemia e é homenageado por colegas ao voltar para escola

Menina tem condição rara que faz o coração parar de bater momentaneamente e desmaia quando fica nervosa

Menino de 6 anos volta a andar e o amor foi o principal remédio

    -Publicidade-