Menino de 9 anos tem grave infecção no olho após contrair Covid-19

Zac Morey teve um raro efeito colateral após uma semana diagnosticado com o coronavírus

Resumo da Notícia

  • Um menino de 9 anos passou o Natal no hospital após ter raro efeito colateral contra a Covid-19;
  • Zac Morey começou a sentir dor nos olhos após os sintomas leves desaparecerem;
  • Os médicos disseram que ele poderia ficar cego.

O Natal de Zac Morey, de 9 anos, foi diferente neste ano. O menino de nove anos passou o Natal no hospital e quase ficou parcialmente cego devido a um raro efeito colateral relacionado ao coronavírus.

-Publicidade-

No dia 19 de dezembro, Zac, sua mãe Angela e seus quatro irmãos testaram positivo para a Covid-19. O menino teve sintomas semelhantes aos de um resfriado e passou o período de auto-isolamento jogando no computador em casa. No entanto, no dia 22 de dezembro, quando ele deu negativo por duas vezes para covid e seus sintomas leves desapareceram, ele começou a sentir dor no olho esquerdo.

“Zac mexeu no computador por sete dias inteiros, então não pensei que era algo sério. Mas na véspera de Natal não estava nada bom. Nós o levamos para o hospital e ele tomou antibióticos até o Boxing Day”, explicou a vereadora ao jornal Metro UK.

Ângela, de 37 anos, contou que o filho foi colocado em um soro intravenoso de antibiótico no Bristol Royal Hospital para crianças depois do grave inchaço em seu olho. Os médicos a afirmaram que o olho de Zac fechou completamente por causa de uma celulite orbitária, uma infecção de pele, considerada como um raro efeito colateral do coronavírus por alguns cientistas.

Zac e sua família tiveram de passar o Natal no hospital
Zac e sua família tiveram de passar o Natal no hospital (Foto: Reprodução/Metro UK)

“‘Seu olho parecia que ia explodir. Não havia como ele abrir sem sentir dor. Estava inchado além de tudo que eu já vi. Os médicos disseram que foi uma reação alérgica ao vírus que afeta as crianças. Se demorássemos mias tempo para ir ao hospital, ele poderia ter ficado cego”, desabafa a mãe.

Zac recebeu alta do hospital no Boxing Day, um feriado de compras no Reino Unido, após passar por um exame de vista que confirmou que sua visão havia se recuperado totalmente.