Criança

OMS divulga que, no mundo, 543 mil crianças morrem por ano por causa da poluição

Elas são afetas mesmo quando ainda estão na barriga da mãe

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

(Foto: Getty Images)

As mulheres grávidas também são prejudicadas (Foto: Getty Images)

De acordo com dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) na última segunda-feira (29), no Brasil, aproximadamente 633 crianças menores de 5 anos morrem por ano por conta da poluição. No mundo, o número chega a 543 mil e cerca de 93% das crianças e adolescentes respiram o ar poluído, colocando a saúde em risco.

Já que o sistema imunológico das crianças ainda está em formação, a poluição faz com que a respiração seja comprometida. Além disso, mulheres grávidas também são prejudicadas com o ar, fazendo com que a probabilidade do parto prematuro aumente.

“O efeito não é só respiratório, é sistêmico, causando efeitos nas artérias e no coração, principalmente. Na gestação, leva a enfartes na parte circulatória da placenta, o que diminui o aporte do oxigênio, podendo causar partos prematuros e até morte fetal”, contou Evangelina de Araújo Vormittag, diretora de responsabilidade social da Associação Paulista de Medicina e diretora do Instituto Saúde e Sustentabilidade, em entrevista ao Terra.

Alergias, asmas, pneumonia e câncer infantil estão diretamente relacionados com o contato das crianças com a poluição, mas lavagens nasais, vaporizadores e evitar o excesso de poeiras podem ajudam a solucionar estes problemas. A OMS também divulgou que as crianças são mais afetadas pela poluição do que os adultos, isso porque elas respiram mais rápido e ficam mais perto do chão.

Leia também:

Você sabia que a poluição do ar chega aos bebês durante a gravidez?