82% dos pacientes com Covid-19 internados em hospital espanhol tinham falta de vitamina D

Os dados foram obtidos por pesquisadores da Universidade de Cantábria e do Hospital Marqués de Valdecilla, na cidade de Santander. Apesar do número, os cientistas dizem que a causa segue desconhecida

Resumo da Notícia

  • Uma pesquisa mostrou que 82,2% dos pacientes com Covid-19 internados nesse hospital tinham déficit de vitamina D no corpo
  • Os dados foram publicados na última terça-feira, 27 de outubro, no folheto da Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism
  • O estudo  também evidenciou que o tempo de internação daqueles com a falta da vitamina foi maior

Uma pesquisa feita por membros da Universidade de Cantábria e do Hospital Marqués de Valdecilla, em Santander, Espanha, mostrou que 82,2% dos pacientes com Covid-19 internados nesse hospital tinham déficit de vitamina D no corpo. Os dados foram publicados na última terça-feira, 27 de outubro, no folheto da Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism.

-Publicidade-
Ele foi feito por diversos pesquisadores (Foto: Getty Images)

O estudo incluiu apenas pessoas já hospitalizadas e também evidenciou que o tempo de internação daqueles com a falta da vitamina foi maior, cerca de 12 dias, quatro dias a mais do que pacientes com níveis satisfatórios do pró-hormônio.

Apesar do número alto, os cientistas explicam que a não é possível afirmar que a deficiência de vitamina D leva alguém a contrair o coronavírus ou que o reforço da substância proteja o organismo da doença. Isso porque apesar da associação entre os dois ter sido confirmada, uma relação de causa não foi determinada.Assim, o motivo para que a falta da vitamina seja mais comum em pacientes internados segue uma incógnita.

-Publicidade-
Os pacientes com deficiência da vitamina ficaram mais tempo internados (Foto: Getty Images)

Uma das ressalvas dos médicos é de que a falta de vitamina D é mais frequente entre idosos, diabéticos e pessoas com doenças crônicas – um grupo que naturalmente já contém mais fatores de risco relacionados ao Covid-19.

“Portanto, os níveis de vitamina D devem ser interpretados com cautela, uma vez que a população sob risco de uma infecção pelo (vírus) Sars-CoV-2 grave é provavelmente a mesma sob risco de deficiência de vitamina D”, diz o artigo. A vitamina D é um pró-hormônio que já existe no organismo humano naturalmente, porém necessitada da exposição ao sol para serem ativadas, além de poder ser adquirida pela alimentação.

A pesquisa mostrou a relação entre os fatores (Foto: Getty Images)

App Pais&Filhos

Tem novidade na área: o novo aplicativo Pais&Filhos Interativo! Agora você pode ler conteúdos exclusivos, feitos com muito carinho pela equipe da redação da Pais&Filhos com toda a credibilidade, comprometimento e bom humor de sempre, e ainda testar seus conhecimentos sobre os principais assuntos do universo da parentalidade.

Já que ninguém cria filho sozinho, a Pais&Filhos se enxerga como parte da sua rede de apoio e para isso, disponibilizamos no aplicativo informações de qualidade sobre todas as fases da vida da criança, seja você pai ou mãe, grávida, ou até mesmo se você ainda for tentante.

Além disso, a plataforma ainda oferece quizz de perguntas e respostas para você testar seus conhecimentos sobre os mais diversos assuntos deste universo. Ao fazer o teste, você acumula pontos, e de quebra pode trocar por prêmios.

O Pais&Filhos interativo está disponível para iOS e Android, basta acessar a PlayStore ou a Apple Store direto do seu celular, baixar e fazer seu cadastro.

-Publicidade-