Família

Palavra de mãe tem poder: como a fala materna ajuda no desenvolvimento da criança

A fala materna desempenha um papel fundamental no desenvolvimento do cérebro da criança - Pexels
Pexels

Publicado em 13/05/2023, às 07h00 - Atualizado às 07h11 por Giovanna Machado,


Você já parou para refletir sobre a importância das palavras e interações entre mãe e filho? Desde os primeiros momentos de vida, a comunicação estabelecida nessa relação desempenha um papel essencial no desenvolvimento cognitivo e emocional da criança. A linguagem é um dos principais meios de expressão e conexão entre seres humanos, e sua influência no cérebro é extraordinária.

Estimulo cognitivo na gestação

Desde a gestação, a voz da mãe exerce um estímulo crucial para o desenvolvimento cerebral do bebê. Estudos científicos revelam que, ainda no útero, o feto reconhece a voz materna, o que contribui para a formação da linguagem e o estabelecimento de vínculos afetivos. Além disso, a linguagem é uma forma de expressar afeto, fundamental para o desenvolvimento emocional saudável da criança.

A neurocientista Livia Ciacci, em parceria com o SUPERA – Ginástica para o cérebro, ressalta a importância da linguagem na primeira infância. É nesse período que a criança começa a compreender o mundo ao seu redor e a se expressar. A mãe desempenha um papel primordial como fonte de estímulo linguístico, impactando positivamente o desenvolvimento cerebral da criança.

Mãe grávida conversando com seu filho na barriga
A fala materna desempenha um papel fundamental no desenvolvimento do cérebro da criança (Foto: Pexels)

Ainda segundo a psicóloga Materno Infantil, especializada em Psicologia da Saúde pela PUC-SP, Bruna Szegedi, isso ocorre pois é nesse estágio crucial, que a criançaestá ávida para aprender e absorver informações. A fala materna, carregada de afeto e experiências, potencializa a aprendizagem, pois a afetividade está intrinsecamente ligada ao processo de absorção de conhecimento.

“A fala materna é uma fonte poderosa de estímulos para o cérebro da criança. Ela oferece um ambiente afetivo propício para o aprendizado e o desenvolvimento cognitivo saudável”, ressalta Bruna. “É importante destacar que essa influência vai além das palavras, abrangendo o tom de voz e o ritmo utilizado pela mãe, que desempenham um papel significativo na regulação emocional da criança”, explica. 

A comunicação verbal da mãe influencia diretamente o desenvolvimento das áreas responsáveis pela linguagem e compreensão no cérebro (Foto: Pexels)

À medida que ela cresce, a linguagemcontinua sendo um meio fundamental de comunicação e expressão emocional. A maneira como a mãe se comunica com seu filho influencia diretamente a percepção que a criança tem de si mesma e do mundo ao seu redor. Além disso, a linguagem afeta a forma como o cérebro processa e interpreta informações, o que pode influenciar na tomada de decisões e no comportamento.

Comunicação mãe e filho

Estudos recentes têm se dedicado a compreender a importância e o impacto dessa forma única de comunicação entre mãe e filho. Eles têm revelado que esse vínculo transcende até mesmo a ligação genética, tendo uma raiz profunda na evolução humana. No entanto, é importante ressaltar que essa consciência sobre o poder da fala materna pode gerar pressão sobre as mães, que buscam constantemente acertar em suas interações.

Na vida adulta, a linguagem continua sendo um meio de comunicação fundamental, e a relação com a mãe pode ter um impacto significativo na saúde mentale emocional. A maneira como a mãe se comunica com seu filho influencia em sua autoestima, autoconfiança e segurança. Além disso, a linguagem influencia a forma como o cérebro processa as emoções, afetando o bem-estar mental da pessoa.

O tom de voz e o ritmo da fala materna têm o poder de reduzir situações de estresse e ansiedade nas crianças (Foto: Pexels)

“A comunicação vinda da maternidade será sempre fundamental para o desenvolvimento cognitivo e emocional do filho em todas as fases da vida. A neurociência tem evidenciado cada vez mais a importância da linguagem na formação do cérebro e no desenvolvimento emocional saudável”, explica a especialista.

Por isso, é importante que as mães estejam conscientes do seu papel na formação do cérebro dos seus filhos– um bom exemplo é utilizando a linguagem para ajudar os filhos a entenderem as emoções e sentimentos que são naturais da vida, mesmo os ruins como a tristeza e frustração.

Veja também: Vacinas salvam vidas: tudo sobre a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe

Vacina é um tema tão essencial que, pela primeira vez, a Pais&Filhos se uniu ao Ministério da Saúde e Crescer nessa causa. Estamos juntos para conscientizar a população sobre a importância da imunização contra a gripe e estimular a vacinação, com foco nos grupos prioritários


Leia também

Bruna Biancardi e Mavie - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Bruna Biancardi mostra a filha, Mavie, e detalhe na bebê gera repercussão: "Incomoda muito"

Mavie e Neymar Jr. - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Neymar Jr. celebra 2 meses da filha com vídeo mostrando momento de carinho

Astrid Fontenelle conta que adoção foi determinante para divórcio de ex-marido - (Foto: Reprodução/Instagram/LinkedIn)

Família

Astrid Fontenelle diz que adoção levou ao divórcio: "Não via brilho nos olhos"

Bell Marques e o filho - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Bell Marques vai ao casamento luxuoso do filho de bandana e explica por que não tira o acessório

Bebês gêmeos - Bebês gêmeos Foto:(Reprodução/iStock)

Bebês

Mãe batiza gêmeos com nomes peculiares inspirados em programa de TV infantil

Ticiane Pinheiro e família - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ticiane Pinheiro fala sobre gravidez e chegada de segundo filho com César Tralli

Jovem de 25 anos diz que tem 22 filhos e diz que quer chegar aos 80 filhos - Reprodução/The Sun

Bebês

Mulher de 25 anos já é mãe de 22 filhos e não quer parar: ”Eu ainda quero mais 80 filhos”

Mãe faz penteado maluco insipirado no trolls - Reprodução/ Instagram

Criança

Dia do cabelo maluco: mãe viraliza ao fazer penteado inspirado em um desenho infantil

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!