Ana Paula Siebert cai no choro ao rever Vicky após viagem com Roberto Justus

Modelo e o empresário voltaram ao Brasil após viagens de férias. O casal não levou a filha, de cinco meses e contaram que estavam ansiosos para revê-la

Resumo da Notícia

  • Ana Paula Siebert e Roberto Justus voltaram ao Brasil após viagens de férias em Dubai e nas Maldivas
  • O casal não levou a filha, Vicky, de cinco meses
  • Durante a viagem de volta para casa, os pais contaram que estavam ansiosos para revê-la

Nesta última quarta-feira, 02 de dezembro, Ana Paula Siebert e Roberto Justus voltaram ao Brasil após viagens de férias em Dubai e nas Maldivas. O casal não levou a filha, Vicky, de cinco meses e contaram que estavam ansiosos para revê-la.

-Publicidade-
Os dois são pais de Vicky (Foto: Reprodução / Instagram @anapaulasiebert)

Logo após chegar em casa, Ana Paula chorou quando pegou a filha no colo. “Gente, pensa na alegria… na alegria de chegar em casa e ver a minha bebê!”, disse a mãe de primeira viagem nos stories do Instagram, e continuou: “Esse último dia de volta, na hora avião, foi o mais sofrido. Porque acho que quando começou a chegar perto da hora de vê-la, foi onde mais sofri.”, desabafou.

A modelo mostrou que é bem apegada à filha, pouco tempo antes de chegar ao Brasil, ela publicou uma foto da família nas redes sociais para dizer que estava cheia de saudades da pequena Vicky e não via a hora de voltar para casa.

Confira a imagem abaixo:

De volta ao Brasil, Ana Paula Siebert chora ao rever a filha Vicky (Foto: Reprodução / Instagram @anapaulasiebert)

Viagem sem a filha

Recentemente, Ana Paula Siebert compartilhou foto nas Maldivas, viagem que está fazendo com o marido, Roberto Justus. Ela apareceu de biquíni na imagem, com um grande chapéu de palha e sorriso de orelha a orelha. Ao ser questionada sobre a ausência de Vicky na viagem ela respondeu e evidenciou a importância de um tempo sozinha ao lado do cônjuge.

Ana Paula Siebert respondeu a seguidora (Foto: Reprodução/ Instagram)

“Bem plena, viagem maravilhosa, mas eu não conseguiria ir sem o meu filho. Com toda certeza eu levaria, mas cada mãe tem sua forma de pensar, entendo sua forma de criar sua filha”, escreveu uma seguidora na publicação.

E a modelo respondeu: “Eu te entendo, só que você não conseguir ir na esquina porque seu filho chora é uma dependência horrível para o futuro dele… causa muitos problemas no desenvolvimento dele. Se você ler um pouco sobre a psicologia infantil vai entender o quanto é importante e até necessário a criança ter sua independência e os pais os seus momentos. Imagina quando ele não estiver com você, como será? Isso afeta até a vida adulta e o comportamento dele”.