Brasil tem a maior velocidade de transmissão do coronavírus do mundo: entenda o estudo

Estudo de instituto Imperial College de Londres, que faz análise de epidemias, projeta mais de cinco mil mortes no país para a próxima semana. Número de óbitos só será menor do que o dos Estados Unidos

Resumo da Notícia

  • O relatório foi publicado nesta última terça-feira, 28 de abril
  • Brasil tem o maior número de transmissão do novo coronavírus, entre 48 países
  • O relatório avalia a situação epidemiológica semanal do novo coronavírus nos países
O Brasil tem o maior número de transmissão do novo coronavírus (Foto: Getty Images)

Nesta última terça-feira, 28 de abril, segundo relatórios analisados pelo Imperial College de Londres, uma instituição de análise de epidemias respeitada em todo o mundo, o Brasil tem o maior número de transmissão do novo coronavírus, entre 48 países. Colocando o Brasil como o segundo país com mais mortes previstas – cerca de 5.600 óbitos – para a próxima semana.

-Publicidade-

As estimativas são feitas a partir de um indicador chamado R, que mostra para quantas pessoas cada infectado transmite a doença. O Brasil deverá ficar atrás somente dos Estados Unidos, que lidera a previsão para o período, com mais de 13 mil óbitos esperados. Os dois são os únicos enquadrados na categoria “Muito Alta” de produção. O relatório avalia a situação epidemiológica semanal do novo coronavírus nos países.

Segundo a instituição britânica, o Brasil abriu nesta segunda, 26 de abril, com uma taxa R de 2,81, o que significa que cada pessoa contaminada transmite a doença para aproximadamente outras três, sendo a maior velocidade de transmissão do vírus na comparação com as outras nações. O estudo ainda indica um risco alto de sobrecarga no sistema de saúde.

-Publicidade-

De acordo com a  Folha de S. Paulo, vários países estão considerando que as medidas de isolamento social só podem ser afrouxadas se esse número de reprodução da doença for abaixo de 1.